Homepage

  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Botelho ficou vários dias internado no hospital de Leiria após um acidente com a mota de água que o deixou inconsciente e a lutar pela vida.
  • Cerca de 3 meses após um grave acidente que quase lhe roubou a vida durante o Nazaré Tow Surfing Challenge, na Praia do Norte, Alex Botelho está de regresso à água e surfou esta semana a primeira onda após a longa recuperação que enfrentou. O surfista algarvio partilhou o momento nas redes sociais.

    Foi uma onda bem curtinha e pequena, mas onde Alex mostrou muito estilo para quem ainda está em pleno processo de recuperação. “Sinto-me muito bem. Ainda só posso surfar por um período curto de tempo, mas estou a recuperar bem. Não poderia estar mais feliz e agradecido por poder voltar a estar na água”, escreveu o big rider português.

    Botelho ficou vários dias internado no hospital de Leiria após um acidente com a mota de água que o deixou inconsciente e a lutar pela vida. Felizmente, o gigante algarvio teve uma recuperação positiva e, aos poucos, começa a regressar à forma. Surf’s up, Alex!

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Alex Botelho
  • Surf
  • Recuperação
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
maio 24
Seleção Nacional Júnior já está a caminho de El Salvador para disputar o Mundial ISA
maio 24
Sebastian Steudtner bate recorde mundial para a Maior Onda Surfada na Nazaré
maio 23
Está a chegar o Boogie Chicks'22 e com recorde mundial na mira
maio 23
Santa Cruz Kids 2022 fechou o Circuito Regional de Surf do Centro
maio 23
Ação de limpeza recolhe mais de 330 quilos de lixo na Praia da Vieira
maio 23
Cientistas de universidades portuguesas descobrem cinco novas espécies de animais marinhos
maio 23
Estudo diz que os golfinhos esfregam-se nos corais para cuidar da pele