Homepage

  • Lotação das praias será calculada em função da 'capacidade de carga'
    23 abril 2020
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • É pedido bom senso aos banhistas para que as regras estabelecidas venham a ser cumpridas com sucesso no verão.
  • Devido à pandemia de Covid-19, este ano a época balnear será bem diferente daquilo a que estamos habituados. Uma das medidas que avançará no próximo verão é a lotação limitada do acesso às praias.

    Esta medida e muitas mais deverão fazer parte de um manual de procedimentos de acesso às praias, que deverá estar pronto até ao próximo dia 6 de maio. Isto para que o manual comece a ser aplicado em todos os municípios de Portugal a tempo do início da época balnear, que está planeado para o dia 1 de junho. Uma data que depende sempre da situação de evolução da pandemia.

    "Vamos ter de avaliar a possibilidade e a forma de calcular a capacidade de carga das praias, isto é, as praias têm um limite. A área concessionada de uma praia está limitada fisicamente, isto é, tem uma dimensão de extensão e de largura, de acordo com a preia-mar", referiu a coordenadora do Programa Bandeira Azul, Catarina Gonçalves, à agência noticiosa Lusa.

    A coordenadora da Associação Bandeira Azul da Europa explicou que a lotação máxima das praias vai ter em conta "as recomendações" da Direção-Geral da Saúde, nomeadamente, "do que é o espaço seguro para as sombras e para os chapéus-de-sol" e o distanciamento entre as pessoas.

    "Questões mais práticas, que têm que ver com a higienização dos espaços, a utilização de máscaras, a própria utilização de esplanadas e bares - saber se é passível de ser feita ou não e em que condições se for feita -, os passadiços, os chuveiros, as gaivotas, os escorregas, as espreguiçadeiras, tudo isso terá que ter uns procedimentos de higiene, obviamente muito mais apertados", realçou.

    Contudo, Catarina Gonçalves referiu que nas praias é "muito mais complicado" implementar estas medidas, uma vez que "não se pode pôr uma fita amarela" para definir o espaço utilizado pelos banhistas.

    Por esse motivo, a fiscalização "terá de ser diferente" e a responsável espera que haja "bom senso" por parte dos banhistas para cumprir as regras que vão ser estabelecidas.

    "Estamos muito preocupados com as frentes urbanas, porque não têm uma entrada e uma saída de uma praia. Todo o passeio marítimo, por exemplo, é uma entrada de praia, o que dificulta bastante a fiscalização", completou Catarina Gonçalves.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Portugal
  • Verão
  • Época Balnear
  • Covid-19
  • Acesso
  • Coronavírus
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
abril 12
Polícia Marítima fiscalizou 7 apoios de praia na Caparica
abril 09
Liga MEO Surf: 5 curiosidades sobre Ribeira d’Ilhas   
abril 09
Vasco Ribeiro e Carina Duarte destacam-se no dia inaugural em Ribeira d'Ilhas
abril 10
Liga MEO Surf: Definidos os finalistas do Allianz Ericeira Pro
abril 11
Liga MEO Surf: Afonso Antunes e Carolina Mendes repetem vitória na Ericeira
abril 09
Academy of Surfing Instructors Portugal promove curso de Treinadores de Surfing Grau 1
abril 09
BV2 e Volume II, os mais recentes modelos em Twin Tech EPS da Chilli Surfboards