Homepage

  • Aritz Aranburu: “Surf em Tóquio vai ser muito elitista”
    07 abril 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Restam apenas cinco vagas masculinas em disputa nos próximos Mundiais ISA, que ainda não têm data definida.
  • Aritz Aranburu é um dos surfistas mais experientes de Espanha e aquele que tem maior currículo, contando com duas passagens pelo WCT. Apesar dos 34 anos, o surfista basco ainda continua a competir nos grandes palcos e um dos objetivos que mantém é a qualificação olímpica. Contudo, deixa uma crítica ao facto de existirem poucas vagas para os Jogos de Tóquio.

    “A verdade é que o próximo mundial ISA vai ser muito complicado, porque há poucas vagas em jogo. O surf vai ser um desporto muito elitista nos Jogos Olímpicos, uma vez que apenas 20 homens e 20 mulheres garantem entrada. No entanto, tenho algumas oportunidades para tentar uma vaga e tenho muita vontade de consegui-la. Vou dar tudo para estar no Mundial e qualificar-me para os Jogos Olímpicos”, afirmou Aritz, em entrevista ao jornal desportivo espanhol “Mundo Deportivo”.

    Com apenas cinco vagas masculinas em disputa nos próximos Mundiais ISA, que ainda não têm data definida, depois do adiamento devido à pandemia do novo Coronavírus, e com os Jogos Olímpicos a também passarem do verão de 2020 para 2021, resta a Aritz continuar a treinar para se manter em forma. Algo que tem feito em casa, devido à quarentena que Espanha enfrenta.

    “Entendo a situação e aceito-a muito bem. Embora esteja desejoso que isto termine. Estou sozinho em casa há cerca de 20 dias, mas estou positivo. Há muitos anos que não passava tanto tempo em casa por isso estou a aproveitar para fazer algumas coisas novas e também para treinar muito a parte física. Felizmente, tenho amigos que me acompanham através do Skype, o que dá mais motivação. Faço alguns exercícios de ativação muscular e de mobilidade de manhã e também conheço um treinador que me passou vários exercícios. À tarde faço treinos mais explosivos e trabalho o core. Estou em permanente contacto com o preparador físico da Federação Espanhola de Surf e, embora a intensidade não seja a mesma, está tudo a correr bem”, contou.

    Apesar de admitir que tem saudades do mar, Aritz sabe que tem de ser uma parte importante na solução do problema. “O mais importante é perceber que este é um problema global. Depende de todos tentar que a curva não suba tão a pique e que tudo volte à normalidade. Os profissionais de saúde é que estão a fazer o trabalho duro. Nós, como agradecimento por isso, temos de ficar em casa, com positivismo e da melhor forma possível”.

    O surfista basco conta que chegou a ir ao mar antes de a pandemia chegar a Espanha e admite ter tido a perceção que poderia ficar sem esse prazer. “Estive parado três semanas por lesão. Nessa altura ligou-me um amigo de Itália a contar como estava a situação no país. Nessa altura, aqui ainda parecia tudo pouco real. Admito que a mim também me custava a acreditar que chegasse a este ponto. Pensei que devia ir surfar para poder sentir o mar. Nessa altura pensei que poderíamos ter de ficar um bom bocado sem esse prazer. Aproveitei bem esse momento, sabendo o que se poderia vir a passar. E passou mesmo. Agora resta-me esperar…”, concluiu.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Aritz Aranburu
  • Surf
  • Jogos Olímpicos
  • Tóquio'2020
  • quarentena
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
maio 27
Revelados os limites de lotação das praias do Algarve, Tejo e Oeste
maio 27
Câmara de Lisboa retoma recolha seletiva de resíduos porta a porta a 1 de junho
maio 27
PSP inativou engenho explosivo junto à Praia do Furadouro
maio 27
Está ativada a Estação Salva-vidas de Quarteira
maio 27
MEO Beachcam expande rede de live cams à Praia de Melides
maio 22
Praia do Meco já tem Live Cam do MEO Beachcam
maio 27
Época balnear abre a 27 de junho na Póvoa de Varzim
pub