Homepage

  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Em Espanha quem fura a quarentena pode ser multado por valores nada simpáticos, que começam nos 100 euros e podem ser esticados até aos… 600 mil euros.
  • Numa altura em que o coronavírus alastra por toda a Europa, com Portugal a entrar agora numa fase de franco crescimento dos casos, há já vários países a levarem muito a sério a quarentena imposta à população. É que se em Portugal ontem ainda se viu alguns picos com bastante crowd, embora as Capitanias tenham proibido a aglomeração de pessoas nas praias da costa portuguesa, em Espanha a situação é bem diferente, como comprova este episódio na mítica praia basca de Zarautz.

    Um surfista decidiu furar a quarentena para ir apanhar umas ondas. O vídeo partilhado na internet mostra o surfista a sair da água, de forma descontraída, até se encontrar com a polícia que o esperava na praia. Não parece que estejam mais surfistas na água. Contudo, há regras apertadas a cumprir. E que servem para todos, sem exceção.

    É certo que uma surfada sem ninguém por perto poderá não conter qualquer risco de contágio, mas todos têm os mesmos direitos, neste caso deveres. E surfar sozinho pode não ser assim tão seguro, pois em caso de acidente não há qualquer auxílio por perto.

    O surfista em causa acabou por receber um “presente” da polícia, sendo que em Espanha quem fura a quarentena pode ser multado por valores nada simpáticos, que começam nos 100 euros e podem ser esticados até aos… 600 mil euros. Tal como em Espanha, França também já fechou as praias.

    Em Portugal a situação ainda está num meio-termo. Apesar de praticamente todas as capitanias terem proibido eventos e aglomerados de pessoas nas praias, a verdade é que ainda há muita gente que abdica da quarentena para ir surfar. Contudo, essa situação deverá estar para acabar, uma vez que a partir da meia-noite desta quinta-feira o país entrou em estado de emergência.

    Medidas mais rígidas deverão ser implementadas e uma delas deverá ser o impedimento de as pessoas saírem de casa. Apenas o poderão fazer para as situações estritamente necessárias, onde surfar não está incluído. É altura de se protegerem, não só das eventuais multas da polícia, mas também de um vírus que nos obrigou a implementar novas rotinas e que quanto mais tempo demorar a ser controlado, mais tempo nos vai afastar do mar.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Espanha
  • Surfista
  • zarautz
  • Surf
  • Multa
  • Coronavírus
  • quarentena
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
novembro 30
Cientistas querem estudar profundezas dos oceanos durante uma década
novembro 30
Vai nascer em Espanha a maior praia artificial da Europa
novembro 30
Portugal é o país da União Europeia mais perto de atingir as metas climáticas para 2030
novembro 30
Windsurf: Oficializado o recorde mundial do Guinness da maior onda surfada por uma mulher
novembro 30
Cabo Verde bate recorde de ninhos de tartarugas registados num ano
novembro 30
Luz verde ao processo de 6 jovens portugueses contra 33 países por causa das alterações climáticas
novembro 27
Cordão dunar entre as praias de Quiaios e Murtinheira vai ser reforçado
pub