Homepage

  • Revelada lista de inscritos para o QS3000 de Santa Cruz
    11 março 2020
    arrow
  • Vasco Ribeiro surge como o líder da armada lusa, sendo o único dos 13 surfistas portugueses que faz parte dos top seeds.
  • Se tudo correr bem, de 6 a 11 de abril a Praia de Santa Cruz volta a receber uma prova QS3000 do circuito WQS, sendo que a lista de inscritos foi esta quarta-feira revelada. O Pro Santa Cruz pres. By Noah Surf House regista uma forte adesão, com muitos portugueses inscritos, mas também muitos ainda à espera de uma vaga, ficando em lista de espera.

    Vasco Ribeiro surge como o líder da armada lusa, sendo o único dos 13 surfistas portugueses que faz parte dos top seeds e, por isso, tem entrada direta para a 4.ª ronda. Entre os principais nomes em prova destaque para o francês Joan Duru, número um do seeding, que no ano passado competiu no WCT.

    O norte-americano Nat Young, campeão do QS3000 da Caparica no ano passado, e o basco Aritz Aranburu são os outros ex-tops mundiais em prova. A eles junta-se ainda o algarvio Marlon Lipke, que este ano voltou a competir pela Alemanha, deixando, assim, de fazer parte da armada lusa.

    Miguel Blanco e Pedro Coelho são os portugueses que têm entrada direta para a 3.ª ronda, sendo que na 2.ª ronda estão Eduardo Fernandes, Tomás Fernandes, Francisco Almeida, Diogo Martins e Raul Bormann. Miguel Matos, Halley Batista, Sidney Guimarães, Francisco Carrasco e Ruben Gonzalez estreiam-se na ronda inaugural.

    Destaque ainda para a presença de vários portugueses em lista de espera, com Guilherme Ribeiro logo na segunda posição. Seguem-se Gabriel Ribeiro, Martim Carrasco, Martim Paulino, Joaquim Chaves, Francisco Queimado e o regressado Nic von Rupp. Estes surfistas esperam por desistências ou wildcards.

    Referência ainda para o facto de o surfista local Guilherme Fonseca, terceiro melhor português do ranking WQS na atualidade, não estar nesta lista. No entanto, Gui deverá receber wildcard do evento para entrar diretamente para a 4.ª ronda, caso recupere a tempo da lesão que sofreu recentemente. Isto porque, além de ser local, o patrocinar é o mesmo do evento (Noah Surf House).

    Ausência confirmada é a de Frederico Morais, que venceu este evento no ano passado. De regresso à elite mundial em 2020, o surfista de Cascais estará na Austrália nas datas do evento português, que se situa mesmo entre a primeiro e segunda etapa do WCT. Por isso também, não há qualquer surfista do WCT inscrito para competir em Santa Cruz. 

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram