Homepage

  • Marta Paço confiante para o Mundial de Surf Adaptado
    09 março 2020
    arrow
    arrow
  • A jovem atleta vianense quer mostrar a evolução do seu surf no grande evento.
  • A Seleção Nacional de Surf Adaptado já está em La Jolla, na Califórnia, onde entre os dias 11 e 15 de março irá disputar o Mundial da especialidade.

    Uma das grandes esperanças da comitiva lusa para a conquista de medalhas é Marta Paço, a atleta do Surf Clube de Viana.

    "Pretendo mostrar o quanto evoluí desde o último Mundial e também desde o Europeu. Para além disso quero também provar que uma pessoa cega pode fazer muito mais do que espumas”, diz.

    Nesta sua chegada à Califórnia, Marta não esconde que fisicamente está “num bom momento” e psicologicamente sente-se “confiante”.

    “Fiz uma boa preparação para esta competição. Aumentei o número de treinos de água e as simulações de heats, que vão ajudar-me a ter uma maior noção do tempo e do que eu consigo fazer em 20 minutos”, explica Marta Paço.

    A atleta portuguesa entende ser “justa” a separação que vai acontecer pela primeira vez num Mundial entre atletas com deficiência visual com cegueira total (PS-VI1) e atletas com deficiência visual com cegueira parcial (PS-VI2), pois “não se pode comparar uma pessoa que seja completamente cega com alguém que veja 60 ou 65%. A noção que se tem da onda é muito diferente, o que influencia claramente a execução da manobra.”

    Para a divisão dos desportistas com deficiência visual nestas duas categorias, foi decisivo o facto do 1º Campeonato Europeu de Surf Adaptado, que se realizou o ano passado em Viana do Castelo, ter contado com classificadores seniores do International Paralympic Committee (IPC) e da International Blind Sports Association (IBSA), potenciando também a entrada do para surfing nos Jogos Paralímpicos.

    No AmpSurf ISA World Para Surfing Championship 2020 é esperado um recorde a nível de participação: 140 dos melhores competidores de para surfing em representação de 24 países.

    Marta Paço acredita que a tendência será de, com o passar do tempo, o número de atletas continuar a aumentar, “sinal que cada vez mais pessoas com deficiência praticam desporto.”

    Recorde-se que a  Seleção Nacional de Para Surfing, que vai lutar pelas medalhas na Califórnia, é composta por Marta Paço, Nuno Vitorino e Camilo Abdula.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Surf
  • Portugal
  • Marta Paço
  • Surf Clube de Viana
  • Seleção Nacional
  • Federação Portuguesa de Surf
  • Califórnia
  • La Jolla
  • Mundial de Surf Adaptado
  • AmpSurf ISA World Para Surfing Championship 2020
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
setembro 24
Guilherme Fonseca e Portugal terminam Mundial ISA no 4.º posto
setembro 24
Teresa Bonvalot fora do Mundial ISA por lesão
setembro 24
David Raimundo: 'Portugal tem feito uma prova brilhante a todos os níveis'
setembro 24
João Aranha e a 'meta que está próxima' no Mundial ISA 2022
setembro 22
ISA anuncia datas do Mundial de 2023 em El Salvador
setembro 23
Portugal sofre três baixas mas continua na luta pelo pódio
setembro 23
Trio português garante passagem ao dia final do Mundial ISA