Homepage

  • João Aranha: 'Era inevitável o adiamento do Mundial de Surf ISA'
    23 março 2020
    arrow
    arrow
  • A posição tomada foi aquela que tem vindo a ser defendida, desde o início da crise do novo coronavírus, pela Federação Portuguesa de Surf.
  • No mundo do surf uma das notícias que marca esta segunda-feira, dia 23 de março, é o anúncio do adiamento do Mundial de Surf ISA, que irá decorrer este ano em El Salvador, devido à crise da pandemia do novo coronavírus.

    Um evento que definirá as últimas vagas olímpicas para os Jogos Olímpicos de Tóquio'2020 e onde a Seleção Nacional de Surf lutará pela conquista de mais três lugares, que pretende juntar à vaga conquistada em 2019 por Frederico Morais na última edição do Mundiais, que decorreram em Miyazaki, no Japão.

    O adiamento da prova já mereceu uma reação oficial por parte da Federação Portuguesa de Surf (FPS). Através de um comunicado o organismo refere não estar surpreendido com este desfecho e considera o mesmo "inevitável". 

    "Era expectável que isto acontecesse. Também aguardamos uma eventual e necessária decisão do Comité Olímpico Internacional por um adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Lamentamos o sucedido, mas era inevitável, e congratulamo-nos por a International Surfing Association ter tomado uma decisão atempada", começou por dizer João Aranha, presidente da Federação Portuguesa de Surf.

    Aranha considera que o anúncio do adiamento dos ISA World Surfing Games 2020 é uma "posição que está em consonância com aquela que a FPS tem advogado desde a eclosão desta crise: desaconselhamos vivamente o surf até se ultrapassar esta pandemia".

    O responsável máximo da FPS abordou ainda a medida excepcional que possibilita a prática do surf aos atletas de alta competição e com estatuto de alto rendimento, ou seja, que estão integrados nos planos olímpicos da Seleção Nacional.

    "Sabemos que existe uma exceção legal para os atletas do alto rendimento, mas a sugestão do Comité Olímpico de Portugal era para atletas do Projeto Olímpico, não para todo o alto rendimento. Todos temos de agir responsavelmente! Se isto significa estar fora da água durante alguns meses, teremos de fazer este sacrifício para o bem de todos", reforçou João Aranha.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Portugal
  • Mundial de Surf ISA
  • Seleção Nacional
  • El Salvador
  • Federação Portuguesa de Surf
  • FPS
  • João Aranha
  • Adiamento
  • Praia
  • Mar
  • Surf
  • ISA World Surfing Games
  • International Surfing Association
  • Fotografia
    ISA/Ben Reed
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
novembro 28
Joana Schenker deu palestra sobre o oceano em escola de Faro
novembro 28
Níveis de poluição em Lisboa são superiores ao tolerado pela OMS
novembro 28
Ondas até 5 metros deixam oito distritos sob aviso amarelo
novembro 25
Sol fica só até sábado: chuva volta no domingo
novembro 28
Vincent Duvignac, o rei de Hossegor voltou ao trono!
novembro 24
Seleção Nacional de Surf Adaptado quer medalhas no Mundial ISA 2022
novembro 24
Prolongado aviso de agitação marítima na Madeira