Homepage

  • Em França também já não é permitido surfar!
    20 março 2020
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Presidente da Federação Francesa está “desesperado” com atitude dos surfistas.
  • Primeiro Espanha, depois França. Depois de o governo francês ter colocado o país em quarentena obrigatória desde segunda-feira, com as pessoas a terem autorização apenas para deslocações essenciais ou exercício físico individual perto da zona de residência, as praias francesas continuarem com surfistas e o crowd não dispersou. Dessa forma, as autoridades viram-se obrigadas a esclarecer esta quinta-feira que todas as praias estavam interditas, ficando assim a prática de surf proibida.

    Biarritz já tinha tomado a medida anteriormente, mas a restrição só ontem foi transportada para um nível nacional. Uma situação que estava a tirar do sério o próprio presidente da Federação Francesa de Surf. “Fico desesperado ao ver pessoas dentro de água a surfar, sobretudo, no sudoeste, enquanto há franceses em situação catastrófica”, começou por dizer Jean-Luc Arassus. “Estes surfistas que estão a quebrar a lei estão a destruir a imagem da disciplina francesa”, atirou.     

    “Já imaginaram como se sente uma enfermeira que está a lutar para salvar vidas em Metz ou Estrasburgo e vê um surfista com as nádegas dentro de água numa altura destas? Se um surfista tiver um acidente dentro de água e necessitar de tratamento hospitalar vai mobilizar uma equipa médica que neste momento tem outro tipo de preocupações. Temos que ser solidários com a cadeia médica”, sublinhou o líder federativo gaulês.

    Foram várias as fotos que circularam nas redes sociais que mostravam o crowd em picos como Hossegor. Contudo, essa situação deverá ter fim, pois a polícia deverá estar já a atuar, depois das praias terem sido interditadas. Uma situação que também acontece a partir de hoje em Portugal. Depois de muita incerteza e de vários picos com inúmeros surfistas na água durante os últimos dias, as interdições das praias portuguesas a partir de agora fazem com que a prática do surf constitua uma quebra da lei.

    Entretanto, este cenário continua a ver-se bastante pelos Estados Unidos da América, sobretudo na Florida, onde o crowd se acumula nos principais spots de surf, enquanto o país avança a grande velocidade para o topo da lista dos países com mais casos e mortes. É altura de pendurar as pranchas, optar pelo mind surf e esperar que tudo corra pelo melhor. Porque tudo se vai resolver! Mas todos, surfistas incluídos, temos de colaborar…

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • França
  • Surf
  • Federação Francesa de Surf
  • Interdição
  • Coronavírus
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
setembro 24
Projeto de salvamento aquático da AESDP e ISN a caminho de Sagres
setembro 24
Domingo é dia de limpar a Praia de Santa Rita
setembro 24
ISN estreia-se a emitir um Edital de Piscina
setembro 24
Equipas de resgate já salvaram 88 baleias-piloto encalhadas na Tasmânia
setembro 24
Baleia em avançado estado de decomposição deu à costa na Praia da Mexilhoeira
setembro 24
Costa de Caparica apadrinhou início das formações 'Surf & Rescue'
pub