Homepage

  • Em França também já não é permitido surfar!
    20 março 2020
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Presidente da Federação Francesa está “desesperado” com atitude dos surfistas.
  • Primeiro Espanha, depois França. Depois de o governo francês ter colocado o país em quarentena obrigatória desde segunda-feira, com as pessoas a terem autorização apenas para deslocações essenciais ou exercício físico individual perto da zona de residência, as praias francesas continuarem com surfistas e o crowd não dispersou. Dessa forma, as autoridades viram-se obrigadas a esclarecer esta quinta-feira que todas as praias estavam interditas, ficando assim a prática de surf proibida.

    Biarritz já tinha tomado a medida anteriormente, mas a restrição só ontem foi transportada para um nível nacional. Uma situação que estava a tirar do sério o próprio presidente da Federação Francesa de Surf. “Fico desesperado ao ver pessoas dentro de água a surfar, sobretudo, no sudoeste, enquanto há franceses em situação catastrófica”, começou por dizer Jean-Luc Arassus. “Estes surfistas que estão a quebrar a lei estão a destruir a imagem da disciplina francesa”, atirou.     

    “Já imaginaram como se sente uma enfermeira que está a lutar para salvar vidas em Metz ou Estrasburgo e vê um surfista com as nádegas dentro de água numa altura destas? Se um surfista tiver um acidente dentro de água e necessitar de tratamento hospitalar vai mobilizar uma equipa médica que neste momento tem outro tipo de preocupações. Temos que ser solidários com a cadeia médica”, sublinhou o líder federativo gaulês.

    Foram várias as fotos que circularam nas redes sociais que mostravam o crowd em picos como Hossegor. Contudo, essa situação deverá ter fim, pois a polícia deverá estar já a atuar, depois das praias terem sido interditadas. Uma situação que também acontece a partir de hoje em Portugal. Depois de muita incerteza e de vários picos com inúmeros surfistas na água durante os últimos dias, as interdições das praias portuguesas a partir de agora fazem com que a prática do surf constitua uma quebra da lei.

    Entretanto, este cenário continua a ver-se bastante pelos Estados Unidos da América, sobretudo na Florida, onde o crowd se acumula nos principais spots de surf, enquanto o país avança a grande velocidade para o topo da lista dos países com mais casos e mortes. É altura de pendurar as pranchas, optar pelo mind surf e esperar que tudo corra pelo melhor. Porque tudo se vai resolver! Mas todos, surfistas incluídos, temos de colaborar…

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • França
  • Surf
  • Federação Francesa de Surf
  • Interdição
  • Coronavírus
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
maio 18
Etapa única do Circuito de Surf do Norte acontece este fim de semana
maio 18
Projeto 'INCLUSEA' vai desenvolver metodologia inovadora no ensino de surf adaptado
maio 17
Conhecidos os vencedores da etapa portuguesa do Rip Curl GromSearch
maio 18
Portugal já tem equipa definida para o Mundial ISA
maio 17
Santarém tem projeto para piscina de ondas de surf
maio 17
Halley Batista vence Fantasy Surfer do Joaquim Chaves Saúde Porto Pro
maio 13
Sete nomes que estão a marcar o arranque da Liga MEO Surf