Homepage

  • FPKITE desaconselha a prática de kitesports na pandemia do coronavírus
    18 março 2020
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A Federação Portuguesa de Kitesports apela aos kiters que fiquem em casa.
  • A atual pandemia do novo coronavírus está a obrigar todo o país a tomar medidas de prevenção face à propagação do Covid-19.

    A Federação Portuguesa de Kitesports (FPKITE) não está indiferente à situação vivida e em comunicado "apela aos kiters nacionais para presentemente se absterem e desaconselharem a prática de kitesports (particularmente à instrução ou ensino)", durante o período que vivemos.

    Comunicado na íntegra: 

    "Em tempos de contenção na circulação social, mas certos da vontade de muitos em ir até às praias e aproveitar o vento para praticar kitesurf ou landkite, a FPKITE vem fazer um apelo e prestar informação.

    Com vários municípios e a Autoridade Marítima Nacional a interditarem as suas praias para práticas desportivas em grupo ou aglomerados, naturalmente, pretende-se evitar o contato social ou comportamentos potenciadores da transmissão do coronavírus SARS-CoV-2.

    Também na altura de ir fazer kite todos nós gostamos de fazer juízos pessoais e tirar conclusões à luz dos nossos conhecimentos ou perceção. Para esta doença também não será exceção.

    A FPKITE apela aos kiters nacionais para presentemente se absterem e desaconselharem a prática de kitesports (particularmente à instrução ou ensino). Ainda que possa existir menos risco se estivermos isolados na praia atendendo à elevada concentração salina do mar e exposição UV nos dias de sol, torna-se difícil ao praticante prever todos os cenários que potenciem uma exposição ou propagação do vírus.

    Reforçando, também a prática de kitesports sozinho está fortemente desaconselhada por se tratar de desporto com riscos específicos da utilização de asa de tração e/ou existir distância da costa.

    Sendo este um desporto “off-the-beach” (como o surf), existe sempre a possibilidade em facilitar o contato pessoal e contágio.

    Por exemplo, uma partilha de bomba de enchimento, o levantar e baixar da asa, existência de pequenas lesões abertas ou mesmo em manobras de resgate e ajuda em caso de acidente ocorrido, são causas potenciadoras de contágio. Assim, a melhor forma de evitar ou causar propagação é ficando em casa e evitar todos os contatos por forma a ajudar os profissionais de saúde que cuidam diariamente de todos nós.

    Desde os naturais exsudados ou secreções nasais e de saliva que abundam em desportos de contato permanente com o mar, até uma esternutação (espirro) levado e espalhado em ventos de 25 nós ou numa deslocação ao hospital para tratar danos físicos, todos são cenários que podem propagar o vírus, ocupar profissionais de saúde que seriam evitados ficando em casa.

    Assim, e até a situação ter novos contornos mais seguros, cabe-nos a nós kiters fazer um juízo assertivo e ponderar bem uma deslocação à praia para fazer kite. Se por ventura decidir mesmo praticar, que o faça com cuidados muito aumentados para tentar garantir que desde o início ao fim da sessão não irá permitir formas de contágio.

    Como sempre na segurança do nosso Desporto, em caso de dúvida… não vá!"

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Federação Portuguesa de Kitesports
  • Portugal
  • Coronavírus
  • Covid-19
  • Prevenção
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 21
Mercedes-Benz Nazaré Winter Sessions 21/22 - 3º Episódio
janeiro 21
15 distritos vão estar sob aviso amarelo este sábado por causa do frio
janeiro 20
Colónia de peixes com 60 milhões de ninhos é descoberta na Antártida
janeiro 20
O tempo vai arrefecer. Temperaturas descem nos próximos dias
janeiro 20
Investigação pede fim do 'consumo excessivo' para travar perda da biodiversidade
janeiro 20
Canadiano “leva” nome de pessoas falecidas na prancha para uma última surfada
janeiro 20
É CT e Mundial ISA. El Salvador meteu-se no mapa das grandes competições internacionais de surf