Homepage

  • Brisa Hennessy tem a melhor quarentena de todas… nas Fiji
    27 março 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Apesar de ainda estar no início da temporada, Brisa Hennessy já se encontrava na liderança do ranking WQS.
  • Brisa Hennessy foi top 10 mundial em 2019 e com isso ganhou uma vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que se vão realizar só em 2021. Antes de conhecer o adiamento dos Jogos, a surfista costarriquenha estava bastante focada nos treinos olímpicos e, por isso, após o cancelamento das provas da WSL tomou uma opção que lhe está a garantir, certamente, a melhor quarentena de todas. Pelo menos, é de longe a mais paradisíaca.

    A surfista de origem havaiana estava em Sydney quando a WSL decidiu cancelar as primeiras provas, prolongando depois os cancelamentos até final de maio. Ora, Brisa decidiu apanhar o avião para as Fiji, onde a família estava de férias num resort na famosa ilha de Namotu, onde se encontram ondas mundialmente conhecidas como Restaurants e Cloudbreak.

    Assim que lá chegou Hennessy, de 20 anos, teve a oportunidade de continuar com os treinos, surfando diariamente. Isto porque o coronavírus não chegou aquela ilha remota – as Fiji ainda não registaram qualquer caso ao dia de hoje. Ainda assim, a jovem que representa a Costa Rica, mas que é natural do Havai, garante que cumpre todos os procedimentos higiénicos e de distanciamento social.

    “Apesar de ainda não terem sido registados casos de coronavírus, lavo as mãos frequentemente, mantenho uma distância de segurança quando falo com alguém e, mais importante de tudo, desfruto da natureza desde a minha casa”, revelou Brisa Hennessy a um diário do seu país.

    Apesar de ainda estar no início da temporada, Brisa Hennessy já se encontrava na liderança do ranking WQS e com a qualificação para o WWT 2021 bem encaminhada, uma vez que soma já 15200 pontos fruto do triunfo no QS5000 da China, do 3.º posto no QS10000 de Sydney, do 3.º posto no QS3000 de Avoca Beach e do 9.º posto no QS5000 de Newcastle.

    A surfista costarriquenha queria prolongar o bom momento com treinos que a pudessem manter em forma para Tóquio. Contudo, agora que a prova foi adiada já pode abrandar na preparação, ainda que possa continuar a desfrutar do surf no paraíso das Fiji, onde o crowd também deve ser remoto.

    “Estou muito agradecida por nada ter mudado muito no sítio onde estamos devido a esta pandemia. Assim, posso prosseguir com os meus treinos aqui”, refere a surfista que é grande candidata à melhor quarentena de todas, embora também não lhe deva sair muito barata…

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Brisa Hennessy
  • Costa Rica
  • Fiji
  • Coronavírus
  • quarentena
  • Surf
  • Tóquio'2020
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
setembro 23
Guincho consagrou os campeões nacionais de kitesurf 2021 da FPKITE
setembro 23
No fim de semana o tempo vai melhorar a Sul, mas ainda vai chover nas regiões Norte e Centro
setembro 23
Nova Surf Contest está de volta à Praia de Carcavelos
setembro 22
Há uma nova onda na Indonésia: é gerada por um navio encalhado e repete história do século XX
setembro 22
Onda mexicana de San Miguel a salvo de possível extinção
setembro 23
Gary Hunt e Rhiannan Iffland mais perto de revalidaram os títulos na Red Bull Cliff Diving World Series
setembro 22
Outono chega e traz o regresso da chuva