Homepage

  • Surfistas quebraram barreira dos 75 km/h nas ondas da Nazaré
    05 março 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Entre os portugueses, Alex Botelho foi o surfista mais rápido, tendo atingido os 70,93 km/h,
  • A edição inaugural do Nazaré Tow Surfing Challenge, que aconteceu no mês passado nas ondas gigantes da Praia do Norte, ficou para a história devido às performances incríveis de muitos dos big riders participantes. Mas também impressionou pela velocidade que os surfistas atingiram enquanto desciam as ondas, com muitos a superarem a barreira dos 70 km/h e até mais.

    O Instituto Tecnológico da Galiza desenvolveu um equipamento chamado Fly Things Surf e esteve a testá-lo durante o evento nazareno. Os surfistas transportaram um pequeno aparelho que permitia ter acesso à velocidade que atingiam e também à força G. Durante a transmissão tinha sido possível ver alguns apontamentos, sobretudo numa onda em que Kai Lenny atingiu os 75 km/h.

    No entanto, o havaiano, que acabou por ser o grande dominador do evento, conquistado o prémio para maior onda e também para melhor dupla, não foi o surfista mais rápido, segundo estes dados. O francês Benjamin Sanchis foi o homem que atingiu a maior velocidade em cima da prancha, com o aparelho a registar uma velocidade de 76,2 km/h. É caso para dizer que ia em excesso de velocidade…

    Entre os portugueses, Alex Botelho foi o surfista mais rápido, tendo atingido os 70,93 km/h, enquanto Nic von Rupp surge como o surfista testado com a velocidade máxima mais baixa, situando-se nos 66,63 km/h – quase menos 10 km/h em relação a Sanchis. Pelo meio surge João de Macedo, que registou 67,81 km/h.

    Interessante também observar os dados da força G, onde o valor máximo está nos 7,4 registados pelo australiano Mick Corbett. Em sentido inverso, o britânico Andrew Cotton, que foi um dos mais rápidos, atingindo os 74,43 km/h, foi o que registou um valor mais baixo em termos de força G, com apenas 3,1. O trio português situou-se entre os 5 e os 6.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Nazaré Tow Surfing Challenge
  • nazaré
  • Tow-in
  • praia do norte
  • Alex Botelho
  • Kai Lenny
  • Benjamin Sanchis
  • Velocidade
  • Força G
  • Surf
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 25
FPS e o futuro do Parque das Gerações: 'A destruição seria uma enorme perda para as comunidades do skate e do surf'
janeiro 25
Millennium BCP lança 'GO! Changer': um cartão ecológico e biodegradável
janeiro 26
Dr. Bernard Surf Center vai receber o 2º Curso de Treinadores de Surf Grau I
janeiro 24
Inscrições disponíveis para os primeiros cursos de Treinadores de Surfing Grau I da ASI Portugal em 2022
janeiro 24
Descoberto um dos maiores recifes de coral do mundo no Taiti
janeiro 24
Homem de 57 anos passa 27 horas consecutivas no Pacífico e sobrevive ao tsunami no Tonga
janeiro 24
Arranca este sábado curso de Treinadores de Nível 1 na Caparica