Homepage

  • Sardenha vai cobrar entradas em praia invadida por turistas
    26 fevereiro 2020
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Só será permitido um certo número de pessoas na praia, sendo que o custo dessa entrada se fixará nos 3,5 euros para maiores de 12 anos.
  • Era um dos tesouros mais bem guardados da Europa até há pouco tempo, mas, agora, é um dos destinos mais procurados por turistas e adeptos de praia. Conhecida como as caraíbas da Europa, a ilha italiana de Sardenha lida atualmente com alguma sobrelotação em algumas das famosas praias de areia branca e água azul turquesa. Dessa forma, as autoridades locais decidiram começar a cobrar entrada numa das mais famosas da ilha, a de La Pelosa.

    Situada em Stintino, a norte da Sardenha, na província de Sassari, esta verdadeira maravilha da natureza é uma das praias mais citadas em blogues de viagens e, por isso, mais procurada por turistas. O que fez com que nos últimos tempos tenha ficado sobrelotada. Mas tudo poderá mudar a partir do próximo verão…

    A partir do próximo dia 1 de junho a entrada na praia de La Pelosa vai ser paga e também limitada. Só será permitido um certo número de pessoas na praia, sendo que o custo dessa entrada se fixará nos 3,5 euros para maiores de 12 anos – os menos não pagam. Estes valores serão praticados das 8 às 18 horas.

    A medida já aprovada pela autarquia prevê que só possam entrar 1500 pessoas por dia na praia, que atualmente está a ser visitada em média por 5 mil pessoas por dia. O presidente da câmara de Stintino, Antonio Diana, considera que este novo número é “o adequado para a praia suportar”.

    O autarca não considera que este se trate de um bilhete, mas antes “uma tarifa que deve ser entendida como um contributo dos utilizadores para os custos de manutenção“. As pulseiras que os turistas recebem serão biodegradáveis, de forma a proteger o ecossistema local, um dos mais belos da Europa.

    Após vários anos quase em “anonimato”, a Sardenha sofre agora as consequências do turismo em massa. Outro dos problemas da ilha é a manutenção da areia em algumas das praias mais famosas. Isto porque há turistas que se entusiasmam com tamanha beleza e levam areia para casa como recordação. Esta situação já dá direito a penas pesadas na Sardenha.

    Esta situação fez com que o acesso a algumas praias fosse fechado, como é o caso da famosa Praia Rosa, cuja cor da areia faz jus ao nome, situada na ilha de Budelli, no arquipélago de La Maddalena, um dos maiores tesouros da costa nordeste da ilha Sardenha.

    Apesar desta invasão turística, ainda é possível visitar a Sardenha e encontrar praias paradisíacas quase desertas, uma vez que falamos de uma costa de mais de 300 km recortados de norte a sul, recheada de praias e paisagens incríveis. Por enquanto…

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • La Pelosa
  • Sardenha
  • Praia
  • Turismo
  • Itália
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
setembro 17
Baía do Funchal acolhe terceira etapa do Circuito Regional da Madeira de SUP Race 2021
setembro 16
Heat draw definido para a etapa da Figueira do Nacional de Bodyboard 2021
setembro 17
Bom Petisco Peniche Pro: Dia dedicado ao surf feminino em Supertubos
setembro 18
Kika e Afonso vencem em Supertubos de qualidade!
setembro 19
Nacional de Bodyboard: Pierre-Louis Costes e Filipa Broeiro triunfam no Cabedelo
setembro 19
Pierre-Louis Costes e Joana Schenker em evidência no arranque no Cabedelo
setembro 17
Está ON o dia final do Bom Petisco Peniche Pro!