Homepage

  • É oficial! Portugal já tem um pacto para que o plástico deixe de ser resíduo
    05 fevereiro 2020
    arrow
    arrow
  • O pacto foi assinado por mais de 50 entidades, entre produtores, supermercados e universidades.
  • No mesmo dia em que foi divulgado que, em Portugal, apenas 12% dos plásticos foram reciclados em 2018, foi lançada uma importante iniciativa que pretende contribuir para que o país seja mais ecológico e sustentável.

    Ontem, em Lisboa, mais de 50 entidades, entre produtores, supermercados e universidades, assinaram um pacto para que até 2050 o plástico deixe de ser um resíduo e seja reaproveitado.

    O Pacto Português para os Plásticos coloca o país numa comunidade que junta já outros cinco países e tem como objetivo atingir 100% de plástico reciclável nas embalagens até 2025, ano em que também 70% das embalagens de plástico são efetivamente recicladas, e em que as novas embalagens têm pelo menos 30% de plástico reciclado.

    O objetivo como disse, à agência noticiosa Lusa, Aires Pereira, presidente da Smart Waste, associação do setor dos resíduos que em conjunto com a fundação Ellen MacArthur lançou a iniciativa, é aumentar a circularidade dos plásticos. “Temos uma economia do plástico em que produzimos, utilizamos e deitamos fora, e pretendemos fazer a circularidade disto”, disse.

    O ministro do Ambiente e Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, presente na apresentação oficial do Pacto, salientou que os compromissos da iniciativa vão além da lei atual e disse esperar que “comece aqui uma revolução na indústria do plástico”, com menos consumo e com uma utilização mais eficiente.

    E essa revolução, acrescentou, tem também de partir de cada cidadão, que deve, por exemplo, habituar-se a levar a sua própria embalagem quando vai comprar refeições feitas.

    Até ao final do presente ano, os membros do pacto vão definir uma lista de plásticos de uso único que podem acabar e promover atividades de sensibilização e educação, com uma campanha de sensibilização para os cidadãos já no próximo verão.

    Entre as entidades que assinaram o Pacto estão 25 empresas, incluindo alguns dos principais retalhistas, marcas de alimentos, bebidas e outros produtos, indústria transformadora, recicladores e operadores de gestão de resíduos.

    Assinaram também o pacto outras entidades como a Associação Eletrão, universidades, associações ambientais e autarquias.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Lixo
  • Embalagens
  • Embalagens de plástico
  • Sustentabilidade
  • Lixo Plástico
  • Plástico
  • Portugal
  • Pacto
  • Pacto Português para os Plásticos
  • Ecologia
  • Reciclagem
  • Plástico reciclado
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 20
O tempo vai arrefecer. Temperaturas descem nos próximos dias
janeiro 20
Colónia de peixes com 60 milhões de ninhos é descoberta na Antártida
janeiro 20
Investigação pede fim do 'consumo excessivo' para travar perda da biodiversidade
janeiro 20
Canadiano “leva” nome de pessoas falecidas na prancha para uma última surfada
janeiro 20
É CT e Mundial ISA. El Salvador meteu-se no mapa das grandes competições internacionais de surf
janeiro 19
Caitlin Simmers quer apenas continuar a ser Caitlin Simmers, para já
janeiro 19
Estão abertas as inscrições para curso de nadador-salvador profissional em Sintra