Homepage

  • Calor extremo cozeu e tirou a vida a meio milhão de mexilhões na Nova Zelândia
    19 fevereiro 2020
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • As alterações climáticas vão fazer com que estes fenómenos sejam cada vez mais frequentes.
  • Este é um episódio que ocorreu numa praia da Nova Zelândia, situada na ilha do Norte do país 'kiwi'. Cerca de meio milhão de mexilhões foram encontrados cozidos.

    As mais de 500 mil conchas vazias foram descobertas pelos habitantes locais. Tudo terá acontecido devido à combinação de um "período excepcional de tempo quente e maré baixa a meio do dia", que enfraquece os bivalves, de tal forma que originou a sua morte.

    Esta foi a explicação avançada por Andrew Jeffs, investigador marinho da Universidade de Auckland, ao britânico 'The Guardian'.

    O mesmo Andrew Jeffs revelou que as alterações climáticas vão fazer com que estes fenómenos sejam mais frequentes. "Acho que vamos observar comunidades marinhas inteiras a mudar", considera.

    Andrew não deixou de reiterar a importância ecológica dos mexilhões na costa neozelandesa, mas simultaneamente afirma que estes deverão desaparecer dos corais devido às alterações climáticas. 

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Mar
  • Alterações climáticas
  • morte
  • Nova Zelândia
  • Mexilhões
  • Calor
  • Vaga de calor
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 26
Produção diária de energia eólica atingiu novo recorde em Portugal
janeiro 27
Revelado calendário dos circuitos regionais de surf para 2023
janeiro 27
Tempo frio vai continuar pelo menos até quinta-feira
janeiro 27
FPS anuncia 'grande mudança' no acesso aos circuitos em 2023
janeiro 26
Cidade chinesa regista temperatura recorde de -53ºC
janeiro 26
Frio fica para o fim de semana: todo o continente vai estar sob aviso amarelo
janeiro 26
FUEL TV lança programa de estágios