Homepage

  • Ashley Keillah, o surfista pirata que não desistiu de competir
    20 fevereiro 2020
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Keillah pode ter perdido na 2.ª ronda do QS1000 de Boomerang Beach, mas a verdade é que a participação já é um prémio para este campeão do stoke.
  • Ashley Keillah pode ser um nome desconhecido para a maior dos fãs de surf. No entanto, estamos a falar de uma das personagens mais peculiares do surf australiano. Competidor regular em provas da WSL na Austrália, Keillah dá nas vistas por usar uma pala no olho esquerdo. Uma característica que lhe valeu a alcunha de “pirata amigo”.

    Este pormenor surgiu depois de ter perdido o olho há 10 anos. Depois de várias operações para tentar recuperar a vista, que lhe causavam imensos incómodos e não permitiam que surfasse, Keillah decidiu optar pela pala, o que lhe permitiu voltar à água e lhe conferiu uma verdadeira imagem de marca.

    Esta semana, o surfista natural de Byron Bay, de 35 anos, esteve novamente em destaque, ao entrar em mais um campeonato. Keillah pode ter perdido na 2.ª ronda do QS1000 de Boomerang Beach, mas a verdade é que a participação já é um prémio para este campeão do stoke.

    Aliás, desde o acidente que lhe roubou um olho, que Keillah tem entrado regularmente em provas. Desde 2013 que faz sempre pelo menos uma prova por ano do WQS, mas já antes disso tinha competido no circuito mundial de qualificação. Este ano já vai no segundo campeonato feito, sendo que entre 2014 e 2016 fez uma média de cinco campeonatos por ano.

    Keillah pode não ter conseguido ainda resultados de relevo – o melhor que tem são dois 17.ºs em dois QS1000 australianos realizados no ano passado, que o colocaram dentro do top 600 mundial -, ainda assim, este é um verdadeiro campeão, que poderia muito bem estar a disputar um título mundial adaptado, por exemplo, mas que prefere puxar os limites frente aos melhores surfistas do Mundo.

    Quanto à razão do acidente, tudo se deveu a uma briga. Mas Keillah nem sequer estava envolvido. O surfista tentava separar uma briga entre dois homens e acabou por ser atingido por um vidro, que lhe roubou a vista esquerda. Mas só roubou mesmo a vista, porque a vontade de vencer e a alegria ainda continuam bem presentes, neste australiano que também é famoso por ter entrado num programa televisivo culinário.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • WQS
  • Austrália
  • Ashley Keillah
  • Pirata
  • Byron Bay
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
março 31
Campeão mundial espanhol de surf adaptado está infetado com coronavírus
março 31
Kelly Slater mostra dotes musicais em composição própria (Vídeo)
março 31
Em quarentena, campeã olímpica treina em piscina insuflável (Vídeo)
março 31
Escola de Surf da Figueira contorna quarentena com aulas online
março 30
Erupção do vulcão Merapi lança cinzas a 5 mil metros de altura
março 31
ISA World Surfing Games adiados por tempo indeterminado
março 31
Multas para surfistas chegaram a J-Bay