Homepage

  • A grande estrela do Super Bowl rejeitou ser surfista profissional
    21 janeiro 2020
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Tudo começou em New Smyrna Beach, a praia da Florida que agora é mais conhecida pela presença de tubarões do que propriamente pela qualidade do surf.
  • Dia 2 de fevereiro é dia dos Estados Unidos pararem para ver o já tradicional e famoso Super Bowl, a grande final da liga de futebol americano. Um espetáculo que todos os anos tem recordes de audiências, mas que pouco tem em comum com o surf. Só que em 2020 algo é diferente. Isto porque na imprensa especializada têm surgido inúmeros artigos que colocam Super Bowl e a palavra surf na mesma frase.

    Qual a razão para o sucedido? Uma história até aqui desconhecida. Raheem Mostert, a grande estrela dos San Francisco 49ers, que recentemente bateu um recorde histórico dos playoffs da NFL, poderia ter sido surfista profissional. No entanto, rejeitou o contrato que lhe foi oferecido na adolescência, dedicando-se ao futebol americano.

    Tudo começou em New Smyrna Beach, a praia da Florida que agora é mais conhecida pela presença de tubarões do que propriamente pela qualidade do surf. Mostert é natural de lá e cresceu entre pranchas de surf e skate. Quem o conhece garante que dominava as duas e foi ainda teenager que recebeu uma oferta por parte da Billabong.

    A famosa marca de surfwear ofereceu um contrato a Mostert que incluía pagamento, obviamente, e que pretendia que o mesmo entrasse em várias competições no país. “Estava a surfar e a andar de skate, sem fazer grande coisa de especial, e um tipo veio ter comigo a oferecer-me um contrato”, contou recentemente a estrela dos 49ers à imprensa norte-americana.

    A verdade é que mesmo sem o surf estar relacionado com o futebol americano, Mostert encontra semelhança entre ambos e quando tem oportunidade mata saudades da prancha. “Quando estás na prancha tem de tomar decisões sobre o que fazer, se fazer uma manobra ou ir simplesmente em frente. É o mesmo no futebol americano, onde tem imensos ângulos. Às vezes tens de tentar fintar os defesas, outras vezes levantas a cabeça e corres em frente para ganhar metros”, frisou.

    A verdade é que este ano o surf vai estar bem presente no Super Bowl, onde Mostert e os 49ers vão medir forças com Kansas City Chiefs. Pelo menos a avaliar pela quantidade de notícias que têm saído sobre o passado deste running back na modalidade.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Raheem Mostert
  • Surf
  • New Smyrna Beach
  • futebol americano
  • super bowl
  • billabong
  • Skate
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 28
O CT 2022 está prestes a começar: eis sete motivos para acompanhar a nova época
janeiro 28
Aumentaram os ataques de tubarão no mundo em 2021
janeiro 27
Kikas: 'O cut a meio da época causa nervosismo e ansiedade. Primeiro, quero ultrapassar esta fase'
janeiro 27
ISA anuncia datas do Mundial Júnior de 2022
janeiro 27
Praia da Rocha acolhe estreia da Algarve Surfing Cup
janeiro 27
AESP: Certificado de Qualidade de Escolas de Surf continuará a ser atribuído em 2022