Homepage

  • Para a concepção da bandeira foram necessárias duas toneladas de plástico.
  • O lisboeta jardim Amália Rodrigues, situado no topo do Parque Eduardo VII, recebeu no passado sábado a cerimónia de abertura da Lisboa Capital Verde Europeia 2020.

    Um dos momentos altos da cerimónia foi a substituição da bandeira nacional que está hasteada nessa zona da cidade. Nas redes sociais, a Câmara Municipal de Lisboa anunciou que foi erguida a primeira bandeira nacional produzida com plástico recolhido do fundo dos oceanos. 

    "Um símbolo que é a representação máxima de um país e ao mesmo tempo levanta bem alto o compromisso de Portugal com o planeta", pode ler-se no vídeo que é exibido no topo deste artigo. 

    De acordo com Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, para a concepção da bandeira foram necessárias duas toneladas de plástico, sendo que este foi transformado em tecido por uma fábrica portuguesa. 

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Portugal
  • Lisboa
  • Câmara Municipal de Lisboa
  • Oceanos
  • Plástico
  • Lixo marinho
  • Bandeira
  • Bandeira portuguesa
  • Capital Verde Europeia
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
janeiro 17
Comunidade do longboard ajuda os animais vítimas dos fogos na Austrália
janeiro 17
Agitação marítima arrasta duas pessoas na Califórnia (Vídeo)
janeiro 17
Nestlé investe 1,86 mil milhões de euros na reciclagem de plásticos
janeiro 17
Os jovens são fundamentais para a defesa dos oceanos
janeiro 10
Interferência no Canhão? João de Macedo e Everaldo Pato mostram o contrário
janeiro 16
Projeto da 'praia' ecológica no Tejo deverá ser conhecido este ano
janeiro 12
Lisboa terá uma 'praia' em pleno rio Tejo