Homepage

  • Para a concepção da bandeira foram necessárias duas toneladas de plástico.
  • O lisboeta jardim Amália Rodrigues, situado no topo do Parque Eduardo VII, recebeu no passado sábado a cerimónia de abertura da Lisboa Capital Verde Europeia 2020.

    Um dos momentos altos da cerimónia foi a substituição da bandeira nacional que está hasteada nessa zona da cidade. Nas redes sociais, a Câmara Municipal de Lisboa anunciou que foi erguida a primeira bandeira nacional produzida com plástico recolhido do fundo dos oceanos. 

    "Um símbolo que é a representação máxima de um país e ao mesmo tempo levanta bem alto o compromisso de Portugal com o planeta", pode ler-se no vídeo que é exibido no topo deste artigo. 

    De acordo com Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, para a concepção da bandeira foram necessárias duas toneladas de plástico, sendo que este foi transformado em tecido por uma fábrica portuguesa. 

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Portugal
  • Lisboa
  • Câmara Municipal de Lisboa
  • Oceanos
  • Plástico
  • Lixo marinho
  • Bandeira
  • Bandeira portuguesa
  • Capital Verde Europeia
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
agosto 12
Vasco Ribeiro anuncia pausa na carreira
agosto 12
Banhos voltam a ser autorizados na Praia da Batata em Lagos
agosto 10
Buondi anuncia os vencedores das 7 cadeiras anfíbias Turtle
agosto 10
Dois animais marinhos devolvidos ao habitat natural ao largo de Aveiro
agosto 10
Água da Praia de Vila Praia de Âncora está imprópria para banhos
agosto 11
Estão proibidos os banhos na Praia da Batata em Lagos
agosto 11
Inscrições abertas para as últimas turmas do ano do curso de Treinadores de Surfing Grau I da ASI Portugal