Homepage

  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Além dos tubos, o que mais impressionou nesta viagem foi mesmo o stoke e a vibe que os jovens locais demonstraram dentro de água.
  • Já aí está o segundo episódio da incrível série Weird Wave, que leva o freesurfer porto-riquenho Dylan Graves a procurar algumas das ondas mais improváveis do planeta. Desta vez o destino foi Lagos, a capital da Nigéria, em plena África. Apesar de ser um local pouco conhecido da comunidade surfista, a verdade é que o surf está em desenvolvimento entre os locais.

    Graves viajou na companhia de Dane Gudauskas e ambos encontraram ondas de qualidade na capital nigeriana. Até houve oportunidade de entubar. Mas o que mais impressionou nesta viagem foi mesmo o stoke e a vibe que os jovens locais demonstraram dentro de água. Alguns deles já com uma técnica algo desenvolvida. Vale a pena ver!

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Weird Waves
  • Vans
  • Dane Gudauskas
  • Dylan Graves
  • Nigéria
  • Tubos
  • Lagos
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
setembro 29
MEO Portugal Cup of Surfing está ON em Ribeira d’Ilhas
setembro 28
MEO Portugal Cup of Surfing junta o surf e a sustentabilidade
setembro 25
Projeto 'The Unwanted Shapes' vai estar presente no MEO Portugal Cup of Surfing
setembro 28
Nuno Vitorino vai competir no nacional britânico de surf adaptado
setembro 28
Kikas: “Felizmente, em Portugal as previsões do mar não são descuradas”  
setembro 28
Italo tem “boas memórias” de Ribeira, mas preferia competir em Supertubos
setembro 28
Nova chamada para terça-feira no MEO Portugal Cup of Surfing
pub