Homepage

  • Caravelas-portuguesas avistadas em praias do Norte e Centro do país
    04 dezembro 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Qualquer avistamento poderá ser comunicado ao programa GelAvista.
  • Se por estes dias estás a pensar em dar um simples passeio pelas praias, em especial do Norte e Centro de Portugal Continental, deves ter especial cuidado.

    Isto porque, por estes dias, estão a ser avistadas caravelas-portuguesas, espécie physalia physalis.

    Em comunicado o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), anuncia que a espécie encontrada é "caracterizada por um flutuador em forma de “balão”, frequentemente de cor azul ou rosada. Entre as espécies que ocorrem em Portugal é a que exige mais cautela, devido aos seus longos tentáculos que podem chegar aos 30 metros, capazes de provocar fortes queimaduras".

    "Muito influenciada por ventos e correntes de superfície, a caravela-portuguesa é uma espécie comum na costa portuguesa, incluindo Açores e Madeira", explica o IPMA.

    A mesma entidade revela que ao "longo da semana passada foram muitos os registos enviados pelos observadores GelAvista. Em vários casos verificou-se a ocorrência conjunta da espécie Velella velella, que não representa perigo para a saúde humana e que é muitas vezes confundida com a caravela-portuguesa. Estas espécies estão a ser assinaladas ao longo de toda a costa desde o distrito de Viana do Castelo (Praia Norte) até ao distrito de Setúbal (Sesimbra)".

    A nota do IPMA indica ainda que qualquer ocorrência de physalia physalis ou de outras espécies de organismos gelatinosos poderá ser comunicada ao GelAvista, programa responsável pela monitorização dos organismos gelatinosos em Portugal. 

    A informação de cada avistamento (data, local, número de organismos e fotografia) deverá ser enviada para o email plancton@ipma.pt ou através da aplicação GelAvista, disponível para sistemas Android.

    Importa ainda referir que em caso de avistamento não se deve tocar nos tentáculos da caravela-portuguesa, mesmo quando esta aparenta estar morta na praia. Em caso de contacto, existem alguns cuidados a ter

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram  

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Portugal
  • Costa Portuguesa
  • Caravela-Portuguesa
  • GelAvista
  • Norte
  • Centro
  • Outono
  • Dezembro
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
janeiro 20
Tomás Lacerda faz história com triunfo em importante prova de SUP
janeiro 20
Angels Surf School apresenta modalidade Performance Training
janeiro 20
Semana começa com vento até 110 quilómetros por hora
janeiro 20
Cadeira 'Turtle' da Buondi nomeada para prémio internacional
janeiro 17
Comunidade do longboard ajuda os animais vítimas dos fogos na Austrália
janeiro 17
Agitação marítima arrasta duas pessoas na Califórnia (Vídeo)
janeiro 17
Nestlé investe 1,86 mil milhões de euros na reciclagem de plásticos