Homepage

  • Ex-tops mundiais apoiam Lacanau para ser palco olímpico     
    12 dezembro 2019
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Uma das razões apontadas por ambos é a história inerente a esta praia, que foi o primeiro grande palco de campeonatos internacionais de surf em França e na Europa.
  • O palco que vai receber a prova de surf nos Jogos Olímpicos de Paris’2024 ainda é uma incógnita, mas este é um tema que tem feito correr muita tinta nos últimos dias, sobretudo depois do comité de organização francês ter revelado uma certa preferência pelo Taiti, território ultramarino gaulês, que fica no pacífico a cerca de 15 mil quilómetros de distância de Paris, e onde se situa Teahupoo, uma das ondas tubulares mais famosas e temidas do Mundo. Mas há nomes bem conhecidos do surf mundial que pensam de maneira diferente.

    Os antigos tops do WCT Gary Elkerton e Flavio Padaratz vieram esta semana a público dar a sua opinião sobre o tema, escolhendo uma das localizações do litoral francês como a melhor para receber os Jogos de 2024. A histórica praia de Lacanau, na região de Bordéus, é a melhor para receber a prova de surf das olimpíadas francesas, segundo “Kong” e Padaratz.

    Uma das razões apontadas por ambos é a história inerente a esta praia, que foi o primeiro grande palco de campeonatos internacionais de surf em França e na Europa. O australiano e antigo vice-campeão mundial (1987, 1990 e 1993) Gary Elkerton foi perentório em avaliar as soluções. “Penso que não deveria existir qualquer dúvida de que a prova de surf nos Jogos Olímpicos deveria realizar-se em Lacanau”, apontou.

    “Estamos a falar do berço do surf na Europa. Um local acessível para todos, com um areal amplo. E Bordéus fica perto de Paris”, frisou Elkerton. Também Flavio Padaratz defendeu esta tése. “Lacanau foi construída para o surf e respira surf. Há centenas de crianças a surfar ali todos os dias e o Lacanau Pro realiza-se há cerca de 40 anos, sendo um dos mais antigos campeonatos do Mundo”, afirmou o surfista brasileiro.

    Estes são dois apoios fortes para uma corrida a cinco que está a gerar muita discussão. O comité organizador parece preferir o Taiti, mesmo contra a relutância do COI. As alternativas são, além de Lacanau, as históricas praias de La Torche, Biarritz e Hossegor. A decisão final só deverá ser conhecida em 2020.

Tags
  • Jogos Olímpicos
  • Paris'2024
  • França
  • Surf
  • Gary Elkerton
  • Flavio Padaratz
  • Lacanau
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
julho 26
David Raimundo: 'Acreditamos que é possível conquistar uma medalha olímpica. Temos competência para lá chegar'
julho 26
Nasceu o Start Zero Zero, projeto que une os países da CPLP através da organização de campeonatos de surf
julho 26
Projeto 'Surf & Rescue' visitou pela primeira vez a Madeira
julho 26
Já diplomada, Yolanda Hopkins quer mais de Tóquio'2020: 'Aqui não há limites, não é?'
julho 26
Teresa Bonvalot: 'Foi um orgulho gigante ter participado nos Jogos Olímpicos de Tóquio'
julho 25
Teresa Bonvalot e Yolanda Hopkins avançam para a ronda 3  
julho 25
Já se pode novamente ir a banhos na Praia de Mindelo em Vila do Conde