Homepage

  • 'Ainda estamos a tempo de salvarmos os oceanos'
    03 dezembro 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Opinião de John Tanzer, especialista dos oceanos da organização internacional World Wide Fund for Nature.
  • As alterações climáticas e o excesso de poluição são alguns dos problemas mais graves que os oceanos têm enfrentado de há um tempo a esta parte.

    Problemas para os quais são necessárias medidas de combate sob pena de caminharmos para um cenário insustentável. 

    Porém, apesar da situação estar longe de ser a melhor, John Tanzer, especialista dos oceanos da organização internacional World Wide Fund for Nature (WWF), considera que ainda estamos a tempo de inverter a situação. Contudo é preciso deitar, quanto antes, mãos à obra.

    "Ainda não é demasiado tarde para salvarmos os oceanos, mas não é exagerado falar em urgência. Os danos são extensos. A sobrepesca e as alterações climáticas continuam a agravar os problemas. Temos, sem dúvida, uma crise nos oceanos", disse Tanzer em entrevista concedida ao sítio de internet da publicação 'Expresso'.

    Para John Tanzer é simples a receita para reverter este quadro. "É urgente que governos, empresas, sociedade civil e cada um de nós atue em conformidade e faça a diferença". 

    O guru da WWF considera ainda que Portugal, pelas suas raízes históricas, tem um importante papel a desempenhar nessa missão. "Tendo em conta a sua longa história ligada ao mar, com todas as descobertas feitas, é importante que Portugal avance com o alargamento das áreas marinhas protegidas e trabalhe na restauração dos oceanos".

    John Tanzer esteve de visita a Portugal, na passada semana, onde participou numa reunião do programa da WWF Internacional Oceans Practice. Encontro que juntou no Oceanário de Lisboa, durante três dias, mais de 40 especialistas.

    Durante o encontro foi assinado um acordo entre a Fundação Oceano Azul e a Associação Natureza Portugal (ANP), entidade que em Portugal trabalha de muito perto com a WWF. 

    Na sequência do protocolo assinado, a ANP e a WWF contam com um apoio de 300 mil euros para desenvolver em Portugal, nos próximos três anos, o 'Programa Oceanos'.

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Mundo
  • Ecossistema
  • John Tanzer
  • WWF
  • Oceano
  • Mar
  • Ambiente
  • Sustentabilidade
  • Portugal
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 20
Stalker de Stephanie Gilmore condenado pela justiça australiana
outubro 20
Gaia Kite Fest estreou-se na Praia do Cabedelo do Douro
outubro 20
Manuel Centeno, o primeiro quarentão a vencer no Nacional de Bodyboard
outubro 20
Faleceu a baleia-comum que estava encalhada na ria de Aveiro
outubro 20
Depressão Bárbara: Aviso vermelho alargado a mais 3 distritos do continente
outubro 19
IPMA eleva aviso: Lisboa e mais 4 distritos sob aviso vermelho na terça-feira devido à chuva forte
outubro 19
Liga MEO Surf entrega prémios nos Portugal Surf Awards 2020
pub