Homepage

  • Ventos que podem atingir os 100 km/h colocam oito distritos sob aviso amarelo
    26 novembro 2019
    arrow
    arrow
Tags
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Aviso amarelo também para seis distritos devido à previsão de agitação marítima forte.
  • A manhã desta terça-feira, em Portugal Continental, foi marcada pela presença de chuva um pouco por todo o território continental.

    Porém a chuva não está sozinha. O vento também diz presente, situação que levou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) a colocar oito distritos em aviso amarelo.

    Bragança, Viseu, Porto, Guarda, Vila Real, Viana do Castelo, Braga e Castelo Branco estarão sob aviso amarelo entre as 12h00 desta terça-feira e a meia-noite de quarta-feira, dia 27 de novembro. De acordo com o IPMA as rajadas de vento podem chegar até aos 100 quilómetros por hora.

    Como se já não bastasse a chuva e o vento, o ramalhete fica completo com o aviso amarelo devido à agitação marítima forte.

    Aviso esse que abrange os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Leiria e Coimbra. Um alerta que irá vigorar entre as 18h00 de hoje as 15h00 de amanhã. São esperadas ondas de noroeste com quatro a cinco metros a partir do momento em que o aviso é accionado. 

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
pub
similar News
similar
março 27
Imagens espaciais mostram redução drástica da poluição do ar na Europa
março 27
Brisa Hennessy tem a melhor quarentena de todas… nas Fiji
março 27
Hora do Planeta terá formato digital para além do apagão
março 27
Foto do sunset português entre as melhores de concurso internacional  
março 27
Está a chegar o horário de Verão!
março 27
Capítulo Perfeito teve alcance superior a 33 milhões de pessoas
março 27
Em Ribeira d’Ilhas manda Tomás Fernandes