Homepage

  • Rui Costa: “Em Portugal só existem três praias que podem acolher o Capítulo Perfeito”
    13 novembro 2019
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Capítulo Perfeito
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Esta semana foram desvendados todos os surfistas que vão a votação pelo público, com o havaiano Clay Marzo a destacar-se entre o elenco internacional.
  • O Capítulo Perfeito está de regresso aos tubos de Carcavelos, depois de uma dupla passagem pela Nazaré. Com várias novidades para esta edição de 2019/20, esta prova especialmente dedicada a tubos já está em andamento e esta semana foram desvendados todos os surfistas que vão a votação pelo público, com o havaiano Clay Marzo a destacar-se entre o elenco internacional.

    Rui Costa, que é a mente por trás do evento desde a memorável edição inaugural de 2012, em Supertubos, mostrou-se confiante para mais uma edição de um campeonato que privilegia a manobra rainha do surf e que de ano para ano tem elevado a fasquia. “Costumo dizer que sou, ao mesmo tempo, a pessoa mais sortuda e mais azarada”, começou por dizer o organizador do Capítulo Perfeito, durante a apresentação do mesmo. “Maior sortudo porque, ao contrário da estrutura rígida dos demais campeonatos de surf, consigo fazer um evento que consegue ter as melhores condições possíveis. Mais azarado porque tenho de acertar em cheio nesse mesmo dia”, explicou.

    “Não há nada melhor do que projetar Portugal para o exterior com o melhor dia de ondas do inverno. Sempre quisemos fazer algo diferenciador e que chegue a todos. Como costumo dizer, em algumas reuniões, se a minha avó estivesse a passar na praia e fosse o dia do Capítulo Perfeito iria parar e olhar para o mar. O dia da prova é especial e completamente diferente do que é habitual”, sublinhou Rui Costa.

    Feitas as apresentações de mais uma edição do Capítulo Perfeito, o Beachcam esteve à conversa com o organização do evento, de forma a perceber a razão do regresso a Carcavelos, mas também todos os desafios que envolvem organizar um evento desta evergadura.

    Beachcam - O que esteve na origem deste regresso a Carcavelos, quatro anos depois do último Capítulo Perfeito aqui disputado?

    Rui Costa - No fundo, trata-se de uma lógica de rotatividade. Em Portugal só existem três praias que podem acolher uma prova deste tipo e Carcavelos está dentro desse lote. Já passamos pela Nazaré, Supertubos e agora regressamos a um local onde fomos felizes em 2014 e 2015.

    Beachcam - Quais são os principais desafios e mudanças para esta nova edição da prova?

    Rui Costa - O maior desafio é sempre tentar melhorar a lista de surfistas e, por consequência, o espetáculo dentro de água. Este ano apresentamos o Clay Marzo, que para mim é um dos melhores tube riders do Mundo. Dentro dessa lógica de evolução fizemos o convite a alguns dos melhores especialistas do Mundo, que estão ligados aos mais conhecidos meios internacionais da especialidade, para ajudarem na escolha dos surfistas internacionais. Além disso, também foi criada uma nova categoria - New Generation (Nova Geração) -, que possibilita a um surfista até aos 16 anos viver este momento desde muito cedo.

    Beachcam - Como vês a manobra do campeonato, o tubo, tratada pelos surfistas nacionais e internacionais hoje em dia?

    Rui Costa - Acho que para se ser o rei desta manobra é preciso investir, procurar e treinar muito, como dizem os próprios surfistas. Hoje em dia, obviamente, que qualquer surfista profissional sabe fazer tubos. Porém fazer tubos nas condições que procuramos e dominar a manobra como fazem estes especialistas não é para qualquer um. Aquilo que fazem os surfistas, que serão selecionados pelo público, está muito acima da média.

    Beachcam - Em termos de futuro, passará a ser dada uma especial atenção ao calendário internacional, de forma a tentar ter os melhores surfistas possíveis em prova?

    Rui Costa - Não procuramos os surfistas do WQS. Tentamos fugir um pouco a esses atletas, exactamente para termos surfistas com disponibilidade quando surge o alerta que a competição vai decorrer. Em relação a Portugal estamos muito alinhados com as provas internacionais que acontecem no nosso país. Neste momento a única prova, em agenda, é o Nazaré Tow Surfing Challenge. Tudo para não sobrepor períodos de comunicação. Acima de tudo, o que procuramos entre os surfistas é os free surfers. Mais em termos mundiais do que a nível nacional, pois em Portugal não temos assim tantos surfistas como isso. No panorama internacional existem surfistas que são pagos para procurarem as melhores ondas pelo mundo e é com esses que trabalhamos.

    Beachcam - É possível ver novamente um Frederico Morais a entrar neste campeonato?

    Rui Costa - O Frederico já participou no evento e, curiosamente, na primeira edição do Capítulo Perfeito. Neste momento a ausência do Kikas não é por falta de vontade do próprio, mas, sim, por indisponibilidade. Falei com ele, mas a World Surf League não permite a participação nestes eventos dos surfistas que fazem parte do WCT.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Rui Costa
  • Carcavelos
  • Capítulo Perfeito
  • Fotografia
    Capítulo Perfeito
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
dezembro 09
Agitação marítima coloca 7 distritos em aviso amarelo
dezembro 09
SOS Sado avança com nova providência cautelar para travar dragagens
dezembro 09
Mais de dois mil coalas já faleceram nos incêndios da Austrália
dezembro 09
Em Portugal os navios poluem tanto como as 8 cidades com mais automóveis
dezembro 09
Nazaré Winter Sessions powered by Mercedes-Benz - 4º Episódio
dezembro 02
Nazaré Winter Sessions powered by Mercedes-Benz - 3º Episódio
dezembro 06
Frio vai embora, mas a chuva deverá regressar no domingo