Homepage

  • MEO promove sustentabilidade e proteção ambiental entre o mundo do surf
    14 outubro 2019
    arrow
    arrow
  • Pelo 11º ano consecutivo a marca da Altice Portugal associa-se à maior competição internacional de surf que decorre no país, o MEO Rip Curl Pro Portugal.
  • #NãoFiqueÀEspera é, uma vez mais, o mote do MEO para dar voz e chamar à atenção da sociedade para questões e problemáticas presentes no seu dia-a-dia.

    Enquanto marca de causas, o MEO vai levar a cabo um conjunto de ações – com foco no ambiente e na sustentabilidade – durante o MEO Rip Curl Pro Portugal, a penúltima etapa da temporada de 2019 do World Championship Tour (WCT), a mais importante competição de surf profissional do mundo.

    Os desportos do mar, nomeadamente o surf, têm uma ligação direta com o ambiente, através das praias, do mar e das ondas surfadas pelos atletas. Estudos indicam que cada pessoa consome e descarta em casa mais de 35 quilos de plástico por ano e são mais de 3 kg de plástico por mês, que dão origem ao lixo infame que vai parar às praias e ao mar.

    Neste sentido, enquanto marca que quer melhorar a sociedade através do surf, o MEO procura contribuir para a proteção dos mares e dos oceanos, para consciencializar a população e trabalhar na sua prevenção, convidando todos os fãs da modalidade a associarem-se a esta causa ambiental, combatendo o uso excessivo do plástico nas suas vidas.

    Sob o mote 'The Unwanted Shapes', e durante a 11ª edição do MEO Rip Curl Pro Portugal, o MEO pretende pôr todos a competir pela mesma causa, criando uma bateria especial – 'Beat the Plastic Waste' – a decorrer durante o competição que tem como palco a Praia de Supertubos em Peniche. 

    Neste heat o protagonismo vai, para além dos atletas, para as pranchas criadas pelo shaper Luis Carvalho ('Lacrau') que, sendo surfáveis, são construídas a partir de plástico doméstico, recolhido e descartado, e que ninguém quer ver no mar.

    Esta bateria especial contará com as participações especiais de Afonso Antunes e Mafalda Lopes, atletas do MEO H-Team, uma equipa de alta competição composta por promessas do surf nacional. Também Frederico Morais, padrinho e mentor da equipa, marcará presença nesta ação que conta ainda com mais dois surfistas presentes nesta penúltima etapa do WCT.

    Ao longo dos 12 dias de campeonato as pranchas estarão em exposição no stand MEO, na Praia de Supertubos, numa representação do compromisso e dos objetivos ambientais da marca.

    João Epifânio, administrador da Altice Portugal para o segmento de consumo, realça que o " MEO é reconhecido pela comunidade do surf como uma das marcas que mais contribui para colocar Portugal no mapa mundial desta modalidade. Desde há 20 anos, procuramos contribuir para o crescimento do surf português e do surf em Portugal, apoiando vários eventos e atletas. Nesta edição, o MEO pretende dar o exemplo e reforçar, uma vez mais, e de uma forma ainda mais próxima, a ligação ao mar, ao ambiente e ao nosso planeta, através de iniciativas de sustentabilidade que levem os portugueses a tomarem decisões mais conscientes no mundo em que vivemos".

    Para marcar este compromisso e a forte aposta na sustentabilidade, o MEO lança também uma campanha de comunicação multimeios sob o mote 'The Unwanted Shapes', contando também com 9 episódios de um minuto cada (Surf Minute Powered by MEO) a transmitir pela RTP.

    Durante o MEO Rip Curl Pro Portugal, e tendo por foco o seu cliente, o MEO dará  a oportunidade aos seus clientes de visitarem o backstage da maior competição de surf profissional do mundo, assim como os mais novos terão a oportunidade de ter aulas de surf com alguns dos atletas da MEO H-Team.

    Esta experiência insere-se no MEOS, programa de benefícios do MEO, que permite aos clientes trocarem os euros gastos por produtos, experiências e sensações únicas.

    Também a nível tecnológico, o MEO e a Altice Portugal vão fornecer todas as infraestruturas necessárias para que a 11ª edição do MEO Rip Curl Pro Portugal seja inesquecível. Todo o evento estará equipado com infraestruturas de rede, através da fibra ótica de última geração e cobertura total de Wi-Fi em Supertubos.

    Esta aposta do MEO permite levar as ondas de Peniche a todos os cantos do mundo, possibilitando aos fãs deste desporto estarem ligados em tempo real a tudo o que acontece nesta improtante prova.

    Pelo 11º ano consecutivo o MEO, marca da Altice Portugal, volta a associar-se à mais importante competição de surf profissional do mundo, o MEO Rip Curl Pro Portugal, que decorre no nosso país. 

    Na edição de 2019, entre os surfistas que vão estar em competição, destaca-se pelo terceiro ano consecutivo a presença do atleta MEO, Frederico Morais, e com entrada directa. Já o MEO atribuiu o seu wildcard ao recém-coroado bicampeão nacional de surf, Miguel Blanco.

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Surf
  • Portugal
  • World Surf League
  • Praia dos Supertubos
  • World Junior Surf League
  • World Championship Tour
  • MEO H Team
  • meo
  • Meo Rip Curl Pro Portugal
  • Frederico Morais
  • Peniche
  • Fotografia
    WSL
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
abril 03
Liga MEO Surf Super Ranking – Quem foi o melhor surfista da década?
abril 03
Fim de semana será de chuva em todo o país
abril 02
Câmara de Sesimbra interdita acesso às praias do concelho
abril 02
Quarentena afasta curiosos da reprodução das tartarugas-oliva na Índia
abril 03
Não resistiu ver Malibu a quebrar perfeito e… acabou detido
abril 02
Dezenas de tartarugas-de-pente nascem numa praia brasileira deserta
abril 02
Poluição do ar também cai abruptamente na Índia
pub