Homepage

  • Surf Adaptado promovido na Taça de Portugal de Surfing 2019
    19 setembro 2019
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Ericeira Surf Clube
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Ação fez parte do conjunto de iniciativas de cariz social e ambiental desenvolvidas durante a Taça de Portugal de Surfing 2019.
  • O Grupo Norte Portugal, o Ericeira Surf Clube (ESC) e a Associação Para Educação e Reabilitação de Crianças Inadaptadas de Mafra (APERCIM) promoveram no passado dia 6 de Setembro, na Praia do Matadouro, uma sessão de Surf Adaptado para pessoas com deficiência.

    Esta ação fez parte do conjunto de iniciativas de cariz social e ambiental desenvolvidas durante a Taça de Portugal de Surfing 2019, o maior evento desportivo de clubes de surf realizado em Portugal, que reuniu na Praia da Foz do Lizandro 23 clubes e 350 atletas (novo recorde da prova) que competiram nas disciplinas de surf, bodyboard e longboard.
     
    A sessão de Surf Adaptado contou a participação de 12 jovens com diversas tipologias e graus de deficiência que tiveram a oportunidade de experimentar a sensação única de surfar uma onda.
     
    Para Miguel Barata de Almeida, presidente do Ericeira Surf Clube (clube organizador do evento), em 2019 existia o "objetivo de fazer a Taça de Portugal um evento mais inclusivo. Demonstrar que o surf não é um desporto de elites e que todos podem e devem participar, em especial aqueles que se encontram numa situação de maior vulnerabilidade e exclusão social.

    Quisemos igualmente promover o trabalho social que muitos dos clubes participantes, sem recursos e apoios, desenvolvem sem qualquer visibilidade nacional, mas com um grande impacto ao nível local. Por fim, quisemos ajudar a disseminar os valores representativos do surf que tornam a nossa sociedade num espaço mais inclusivo e mais promotor de estilos de vida saudáveis geradores de maior qualidade de vida e bem-estar.

    Penso que no plano social, a sessão de surf adaptado conjugada com a exposição da Fundação Grupo Norte 'As Pessoas com Deficiência na sua Vida Quotidiana', conseguimos demonstrar à comunidade que o desporto, em geral, e o surf, em particular, são uma poderosa ferramenta de inclusão social. Sabemos pelo feedback espetacular e pelas felicitações que tivemos por parte de visitantes, comerciantes e participantes na Taça que os nossos objetivos foram amplamente alcançados, o que é muito reconfortante e nos deixa muito felizes. Espero que no próximo ano a Taça de Portugal de Surfing dê continuidade a mais iniciativas como estas”.


    Já para Hugo Silva, técnico da APERCIM e responsável pelo Projeto Sai Prá Rua - Desporto ao Ar Livre para TODOS, que esta ONGPD desenvolve com o apoio do INR,I.P. e do IPDJ,I.P. "esta ativade de surf, integrada no programa de uma competição nacional regular é a prova de que estas modalidades têm um enorme potencial integrador da pessoa com deficiência na prática desportiva.

    Surfando lado a lado com os demais praticantes, sempre de acordo com as suas capacidades e interesses, as pessoas com deficiência conseguem tirar partido da essência da onda, do deslize, do contacto com o mar, da praia e de todo o ambiente, ou seja aquilo que qualquer praticante procura tendo ou não deficiência.

    Este foi um evento que despertou em todos os intervenientes a vontade de repetir e ir mais além. Disseminando esta experiência com um carácter regular estamos convictos que permitirá igualmente uma perspetiva de maior desenvolvimento bio-psico-social da pessoa com deficiência”.
     
    Miguel Toscano, Country Manager do Grupo Norte Portugal, não escondeu que a entidade que representa mal soube do convite do Ericeira Surf Clube, em 2018, para fazer parte desta causa, "aceitou desde logo sem pestanejar. Para o Grupo Norte a integração de pessoas com deficiência na sociedade faz parte da nossa missão corporativa seja pelas oportunidades que oferecemos por via do emprego, da formação e do desenvolvimento de competências seja por via da componente social e desportiva onde se integra esta iniciativa.

    Dos mais de 12 mil colaboradores que gerimos diariamente, 5% são pessoas com deficiência aos quais se juntam 112 companheiras nossas vítimas de violência doméstica. Apoiamos muitas iniciativas desportivas seja ao nível da deficiência seja na promoção e desenvolvimento do desporto feminino, pois acreditamos que o desporto contribui decisivamente para o desenvolvimento de uma sociedade mais saudável, mais solidária e mais integradora.

    Quando falamos das competências fundamentais para a integração no mundo laboral, acreditamos que a atividade desportiva pode funcionar como uma ferramenta poderosa para educar, formar e valorizar competências, bem como desenvolver talentos dentro das organizações.

    Estamos, por isso, muito gratos ao ESC e à APERCIM por esta experiência espetacular sendo que estamos já a trabalhar conjuntamente no desenvolvimento de um projeto piloto de inclusão social de pessoas com deficiência através do surf em semelhança ao que já fazemos em Espanha onde apoiamos e promovemos o basquetebol em cadeira de rodas.”
     
    A par das iniciativas de cariz social e ambiental durante a Taça de Portugal de Surfing 2019, ficou ainda acordado entre os três parceiros a assinatura para breve de um protocolo de acordo e compromisso.

    Documento que visa a criação em 2020, ano em que o surf fará a usa estreia no programa olímpico, de um núcleo dedicado ao Surf Adaptado dentro do Ericeira Surf Clube que integrará os utentes com deficiência da APERCIM e de outras instituições de reabilitação do concelho de Mafra.

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Surf
  • Ericeira
  • Surf Adaptado
  • Setembro
  • Praia do Matadouro
  • Portugal
  • Grupo Norte
  • Ericeira Surf Clube
  • APERCIM
  • Fotografia
    Ericeira Surf Clube
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 17
No Corvo haverá um apagão para salvar as aves marinhas
outubro 18
Fim de semana chega com sábado muito chuvoso
outubro 18
Glaciares suíços sofrem maior redução em 100 anos
outubro 18
Tráfego marítimo contribui para 20% da poluição costeira em Portugal
outubro 18
Seca e má gestão deixam o Tejo em mínimos históricos
outubro 18
Previsão de mau tempo cancela sessão de autógrafos na 58 Surf
outubro 17
Inscrições abertas para a 2ª etapa do Circuito de Bodyboard do Ericeira Surf Clube