Homepage

  • 11 curiosidades sobre as seleções que vão ao Mundial ISA
    06 setembro 2019
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Com uma participação recorde em termos de seleções e com várias estrelas mundiais presentes a ação promete momentos intensos durante a próxima semana.
  • É já esta madrugada que tem início no Japão o Mundial ISA mais aguardado da história. As ondas de Miyazaki vão receber aquela que será o primeiro verdadeiro passo para a qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio’2020. Este sábado é dia da grande parada das nações, que serve de abertura para o evento, e também poderá ser dado o arranque da prova feminina.

    Com uma participação recorde em termos de seleções e com várias estrelas mundiais presentes, começando por Kelly Slater e passando por nomes como Stephanie Gilmore, Gabriel Medina, Filipe Toledo, Carissa Moore, Julian Wilson, Jordy Smith ou Sally Fitzgibbons, a ação promete momentos intensos durante a próxima semana, com quatro vagas masculinas e mais quatro femininas em jogo para a grande estreia olímpica do surf.

    Já muito se escreveu sobre tudo o que vai acontecer nestes ISA World Surfing Games e sobre quem vai estar presente. Mas com tantos surfistas a postos para levar as suas bandeiras aos lugares mais altos do pódio, há muita informação ainda desconhecida do grande público. Se pensas que sabes tudo sobre o Mundial ISA está bem enganado. E aqui fica alguma informação peculiar extra! São 11 curiosidades sobre outras estrelas desta prova…

    - Suabe Nayel, de 46 anos, vive em Sidney e é um dos dois surfistas a representar o Afeganistão. É um dos surfistas mais velhos em prova. Os mais velhos são o “rei” Kelly Slater (Estados Unidos) e Yves Bright (Líbano), ambos com 47 anos;

    - Do lado feminino, a surfista mais velha é Claire Bevilacqua, de 36 anos, que acabou de se sagrar campeã europeia por Itália, apesar de ter nascido e sempre ter vivido na Austrália, a par da peruana e ex-campeã mundial Sofia Molanovich, que já tem duas medalhas de ouro individuais em Jogos da ISA, além de vários pódios;

    - O surfista mais novo em prova é Liam Wilson, de 16 anos, que, apesar de ser natural do Havai, vai representar a Samoa American. Do lado feminino a mais nova em prova é a sul-africana Zoe Steyn, Irie Fitzgerald (Guam), a alemã Noah Klapp e a israelita Advah Bar Sade, todas com 15 anos;

    - Samoa Americana, Líbano, Sri Lanka e Tailândia são as seleções estreantes em Mundiais ISA, numa edição que terá um recorde de 55 seleções;

    - Áustria, Samoa Americana, Marrocos, Porto Rico, Líbano, Venezuela, El Salvador e Hungria são as seleções que vão a jogo com apenas um representante. E quem sabe se nem são precisos mais para garantir uma vaga olímpica…;

    - O indonésio Marlon Gerber é o mais recente surfista de uma vasta lista de competidores a “trocar” de nacionalidade, integrando a seleção Suíça para este Mundial ISA;

    - Vários surfistas portugueses vão estar neste Mundial como selecionadores de equipas internacionais. São eles Paulo “do Bairro” Rodrigues (Dinamarca), Pedro Barbudo (Rússia) e Lourenço Chaves de Almeida (Espanha);

    - Há vários ex-competidores do WCT entre as equipas técnicas internacionais. Brett Simpson (Estados Unidos), Greg Emslie (África do Sul) e Bede Durbidge (Austrália) são alguns deles;

    - A Colômbia vai ter como únicos representantes os irmãos Gómez, Giorgio e Isabella. Eles que são especialistas em SUP Surf e conquistaram ambos as medalhas de ouro nessa categoria nos mais recentes Jogos Pan-americanos, realizados no Peru;

    - Apesar de não ter histórico de relevo em termos de competições da WSL/ASP, a Argentina é um dos países com o currículo mais rico em termos de provas ISA. Já conquistaram o ouro individual masculino em quatro ocasiões, duas por Santiago Muniz (2011 e 2018) e outras duas por Leandro Usuna (2014 e 2016). Ambos vão estar presentes no Japão. Talvez seja boa ideia reservar já uma vaga olímpica para o país das Pampas…;

    - Vários surfistas internacionais escolheram ondas portuguesas como as favoritas, nos perfis feitos pela ISA para este Mundial. A saber:

    Magnus Stokke (Noruega) – Ribeira d’Ilhas

    Sanna Horvallius (Suécia) – Vale Figueiras

    Egor Volkov (Rússia) – Coxos

    Gony Zubizarreta (Espanha) – Coxos

    Gergely Balogh (Hungria) – Lagide

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • ISA World Surfing Games
  • Mundial ISA
  • Japão
  • Tóquio'2020
  • Curiosidades
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
abril 11
Liga MEO Surf: Afonso Antunes e Carolina Mendes repetem vitória na Ericeira
abril 10
Liga MEO Surf: Definidos os finalistas do Allianz Ericeira Pro
abril 09
Academy of Surfing Instructors Portugal promove curso de Treinadores de Surfing Grau 1
abril 09
BV2 e Volume II, os mais recentes modelos em Twin Tech EPS da Chilli Surfboards
abril 09
FPS vai realizar formação de Resgate e Sobrevivência com Moto de Água
abril 08
FPS lança primeiro curso grau 2 de bodyboard
abril 09
Miguel Blanco é baixa por lesão em Ribeira d'Ilhas