Homepage

  • 11 curiosidades sobre as seleções que vão ao Mundial ISA
    06 setembro 2019
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Com uma participação recorde em termos de seleções e com várias estrelas mundiais presentes a ação promete momentos intensos durante a próxima semana.
  • É já esta madrugada que tem início no Japão o Mundial ISA mais aguardado da história. As ondas de Miyazaki vão receber aquela que será o primeiro verdadeiro passo para a qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio’2020. Este sábado é dia da grande parada das nações, que serve de abertura para o evento, e também poderá ser dado o arranque da prova feminina.

    Com uma participação recorde em termos de seleções e com várias estrelas mundiais presentes, começando por Kelly Slater e passando por nomes como Stephanie Gilmore, Gabriel Medina, Filipe Toledo, Carissa Moore, Julian Wilson, Jordy Smith ou Sally Fitzgibbons, a ação promete momentos intensos durante a próxima semana, com quatro vagas masculinas e mais quatro femininas em jogo para a grande estreia olímpica do surf.

    Já muito se escreveu sobre tudo o que vai acontecer nestes ISA World Surfing Games e sobre quem vai estar presente. Mas com tantos surfistas a postos para levar as suas bandeiras aos lugares mais altos do pódio, há muita informação ainda desconhecida do grande público. Se pensas que sabes tudo sobre o Mundial ISA está bem enganado. E aqui fica alguma informação peculiar extra! São 11 curiosidades sobre outras estrelas desta prova…

    - Suabe Nayel, de 46 anos, vive em Sidney e é um dos dois surfistas a representar o Afeganistão. É um dos surfistas mais velhos em prova. Os mais velhos são o “rei” Kelly Slater (Estados Unidos) e Yves Bright (Líbano), ambos com 47 anos;

    - Do lado feminino, a surfista mais velha é Claire Bevilacqua, de 36 anos, que acabou de se sagrar campeã europeia por Itália, apesar de ter nascido e sempre ter vivido na Austrália, a par da peruana e ex-campeã mundial Sofia Molanovich, que já tem duas medalhas de ouro individuais em Jogos da ISA, além de vários pódios;

    - O surfista mais novo em prova é Liam Wilson, de 16 anos, que, apesar de ser natural do Havai, vai representar a Samoa American. Do lado feminino a mais nova em prova é a sul-africana Zoe Steyn, Irie Fitzgerald (Guam), a alemã Noah Klapp e a israelita Advah Bar Sade, todas com 15 anos;

    - Samoa Americana, Líbano, Sri Lanka e Tailândia são as seleções estreantes em Mundiais ISA, numa edição que terá um recorde de 55 seleções;

    - Áustria, Samoa Americana, Marrocos, Porto Rico, Líbano, Venezuela, El Salvador e Hungria são as seleções que vão a jogo com apenas um representante. E quem sabe se nem são precisos mais para garantir uma vaga olímpica…;

    - O indonésio Marlon Gerber é o mais recente surfista de uma vasta lista de competidores a “trocar” de nacionalidade, integrando a seleção Suíça para este Mundial ISA;

    - Vários surfistas portugueses vão estar neste Mundial como selecionadores de equipas internacionais. São eles Paulo “do Bairro” Rodrigues (Dinamarca), Pedro Barbudo (Rússia) e Lourenço Chaves de Almeida (Espanha);

    - Há vários ex-competidores do WCT entre as equipas técnicas internacionais. Brett Simpson (Estados Unidos), Greg Emslie (África do Sul) e Bede Durbidge (Austrália) são alguns deles;

    - A Colômbia vai ter como únicos representantes os irmãos Gómez, Giorgio e Isabella. Eles que são especialistas em SUP Surf e conquistaram ambos as medalhas de ouro nessa categoria nos mais recentes Jogos Pan-americanos, realizados no Peru;

    - Apesar de não ter histórico de relevo em termos de competições da WSL/ASP, a Argentina é um dos países com o currículo mais rico em termos de provas ISA. Já conquistaram o ouro individual masculino em quatro ocasiões, duas por Santiago Muniz (2011 e 2018) e outras duas por Leandro Usuna (2014 e 2016). Ambos vão estar presentes no Japão. Talvez seja boa ideia reservar já uma vaga olímpica para o país das Pampas…;

    - Vários surfistas internacionais escolheram ondas portuguesas como as favoritas, nos perfis feitos pela ISA para este Mundial. A saber:

    Magnus Stokke (Noruega) – Ribeira d’Ilhas

    Sanna Horvallius (Suécia) – Vale Figueiras

    Egor Volkov (Rússia) – Coxos

    Gony Zubizarreta (Espanha) – Coxos

    Gergely Balogh (Hungria) – Lagide

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • ISA World Surfing Games
  • Mundial ISA
  • Japão
  • Tóquio'2020
  • Curiosidades
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 17
No Corvo haverá um apagão para salvar as aves marinhas
outubro 18
Fim de semana chega com sábado muito chuvoso
outubro 18
Glaciares suíços sofrem maior redução em 100 anos
outubro 18
Tráfego marítimo contribui para 20% da poluição costeira em Portugal
outubro 18
Seca e má gestão deixam o Tejo em mínimos históricos
outubro 18
Previsão de mau tempo cancela sessão de autógrafos na 58 Surf
outubro 17
Inscrições abertas para a 2ª etapa do Circuito de Bodyboard do Ericeira Surf Clube