Homepage

  • ISEP acaba com venda de garrafas de água de plástico
    20 setembro 2019
    arrow
    arrow
  • Medida que tem como objetivo combater e evitar o consumo de plástico.
  • Na passada segunda-feira, o Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) tomou a decisão de terminar com a venda de garrafas de água de plástico de 33 centilitros no campus. 

    O objetivo desta ação é o de "combater e evitar o consumo de plástico" no campus, conforme explicou Roque Brandão, vice-presidente do ISEP, à agência noticiosa Lusa.

    "Por ano, a associação de estudantes distribui uma garrafa por refeição a cada estudante que almoça ou janta nas instalações, o que representa mais de 120 mil garrafas. Além disso, por ano, são compradas nos diversos espaços 40 a 50 mil garrafas", disse.

    Segundo Roque Brandão, esta medida pretende incentivar ao uso de práticas alternativas, tendo já a associação de estudantes do instituto assegurado a instalação de "dispensadores".

    Além dos dispensadores, o responsável garante que os estudantes, professores e funcionários podem consumir a água da rede pública nos diversos bebedouros que estão espalhados pelo campus, uma vez que é "controlada" e própria para consumo.

    Um dos próximos passos do ISEP neste "combate ao plástico" passa também pela substituição das garrafas de plástico utilizadas em congressos, palestras e eventos por uma "garrafa de vidro do ISEP" e pela "venda de garrafas de plástico reutilizável" aos alunos.

    Todas estas medidas surgem no âmbito da campanha 'Agir Local, Pensar Global', iniciativa desenvolvida desde fevereiro pelo instituto em parceria com a LIPOR (serviço intermunicipalizado de gestão de resíduos do Porto) que visa "otimizar a separação dos resíduos" e contribuir para a adoção de práticas sustentáveis e amigas do ambiente.

    "Em fevereiro começamos com este projeto e, desde então, já retiramos vários caixotes do lixo e substituímos por postos de reciclagem", disse o responsável, adiantando que, através desta iniciativa, o ISEP já conseguiu que dois dos quatro contentores 'molok' de lixo indiferenciado passassem a ser utilizados para depositar lixo reciclável.

    "Conseguimos que 42% dos resíduos produzidos no campus fossem reciclados", salientou.

    À Lusa, Roque Brandão adiantou que, tendo em conta as medidas adotadas com vista à promoção de novas práticas sustentáveis e de promoção do meio ambiente, a instituição vai receber a certificação 'Coração Verde' da LIPOR.

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Porto
  • Portugal
  • Meio Ambiente
  • Plástico
  • Garrafa de plástico
  • Natureza
  • ISEP
  • Instituto de Engenharia do Porto
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
abril 20
Baleia sem vida de grande dimensão está encalhada na Praia de Santo António
abril 20
Liga MEO Surf: Heat draw definido para o Allianz Figueira Pro
abril 19
Allianz Ericeira Pro: Vencedores da Fantasy Surfer já receberam prémios
abril 16
Chuva dá tréguas no fim de semana
abril 16
Estrada é encerrada em Tallinn durante a noite para salvar milhares de sapos e rãs
abril 16
Praia da Tocha vai ter novos passadiços no verão
abril 16
Tiago Pires vai ser “padrinho” de festival francês