Homepage

  • Haddar, Ohara, Morretino e Capdeville vencem o Sintra Pro 2019
    15 setembro 2019
    arrow
    arrow
  • Dia de todas as decisões na 24ª edição do Sintra Portugal Pro, que decorreu na Praia Grande. Rodrigo Lopes foi finalista vencido em Pro Junior.
  • Muita emoção e vencedores inéditos foram os ingredientes de um dia de decisões na grande festa do bodyboard mundial que foi a edição de 2019 do Sintra Portugal Pro.

    Trata-se da mais antiga etapa (realizada de forma ininterrupta) do Circuito Mundial de Bodyboard, que desta feita decorreu entre os dias 10 e 15 de Setembro na Praia Grande (Sintra).

    O marroquino Anas Haddar foi o vencedor da competição open masculina, a japonesa Sari Ohara venceu a prova feminina e o havaiano Sammy Morretino triunfou no dropknee. Já o francês Ethan Capdeville bateu o português Rodrigo Lopes na final de Pro Junior.

    Já Miguel Ferreira e Joana Schenker, apesar de estarem já arredados deste dia final, foram os melhores portugueses colocados em bodyboard open bem como na categoria feminina. Ambos quedaram-se pelo quinto lugar final das respetivas classificações.

    Contudo, a grande figura do dia foi Sammy Morretino, que venceu a competição de dropknee numa final frente ao compatriota Dave Hubbard. Desta forma, o havaiano conquistou o terceiro título mundial da especialidade.

    Marca importante se bem que distante do seu adversário na final, o mais galardoado especialista da modalidade, com oito títulos mundiais.

    “Estou eufórico. Foquei-me muito no objetivo de bater o Dave pelo terceiro ano consecutivo. Sei que ele queria muito ganhar-me. Optei por uma boa estratégia e vencer contra o melhor especialista de dropknee do Circuito Mundial é a melhor sensação do mundo”, congratulou-se Morretino, de 23 anos.

    Na prova open masculina, o marroquino Anas Haddar terminou o evento da mesma maneira que iniciou a aventura no Sintra Pro de 2019. A surfar de forma incrível, não dando qualquer hipótese a Dave Hubbard, o havaiano que conseguiu a proeza de estar em duas finais do Sintra Portugal Pro. Uma prova de incrível de versatilidade, apesar de nas duas baterias decisivas ter saído derrota.

    “Desde 2012 que venho praticamente todos os anos a Sintra. Faltei o ano passado por estar dedicado aos estudos, mas agora que terminei a escola quero dedicar-me totalmente ao Circuito Mundial de Bodyboard. O meu objetivo para 2019 passa por ser campeão do circuito europeu, que lidero. Porém, foi incrível vencer este evento do Mundial, pois dá-me boas perspetivas para o próximo ano”, explicou Haddar.

    Na prova feminina, tivemos um misto de comédia e emoção. A japonesa Sari Ohara deixou toda a gente à sua espera na cerimónia de entrega de prémios, mas quando apareceu deixou todos os fãs comovidos com um discurso emocionado que levou a prórpia Ohara às lágrimas.

    “É o nono ano que venho a Sintra. Venho aqui desde que tinha 16 anos, pelo que obter esta vitória, depois de dois segundos lugares, tem um grande significado. Demorei muitos anos a conseguir este triunfo. É muito importante para o meu objetivo, que passa por ser finalmente campeã do mundo. Sinto que é a minha vez", considera Sari Ohara. 

    Finalmente, em Pro Junior, uma vitória simbólica para os 25 anos de história deste evento, com o francês Ethan Capdeville, filho do antigo campeão mundial Nicolas Capdevile e antigo vencedor do Sintra Pro, a bater o português Rodrigo Lopes na final. O sul-africano James Clayden e o francês Simon Andrieux quedaram-se pela terceira e quarta posições, respetivamente.

    “Foi um bom treino para Viana do Castelo, local onde este Pro Junior será decidido. Infelizmente, escolhi o pico errado e o Ethan acabou por apanhar as melhores ondas e dominar a bateria. Em Viana tentarei fazer melhor e vencer”, sentenciou Rodrigo Lopes.

    Para 2020, o Sintra Portugal Pro celebra 25 anos e a organização promete mais e melhor para este histórico evento. Um certame que a Association of Professional Bodyboarders descreve como “o coração do Circuito Mundial de Bodyboard”.

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • APB World Tour
  • Circuito Mundial de Bodyboard
  • Portugal
  • bodyboard
  • Praia Grande
  • Rodrigo Lopes
  • Praia
  • Sintra
  • Pro Junior
  • Anas Haddar
  • Sari Ohara
  • Sammy Morretino
  • Dropknee
  • Mar
  • Sintra Portugal Pro 2019
  • Setembro
  • Verão
  • Fotografia
    João Araújo
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 18
Fim de semana chega com sábado muito chuvoso
outubro 18
Tráfego marítimo contribui para 20% da poluição costeira em Portugal
outubro 18
Seca e má gestão deixam o Tejo em mínimos históricos
outubro 18
Glaciares suíços sofrem maior redução em 100 anos
outubro 18
Previsão de mau tempo cancela sessão de autógrafos na 58 Surf
outubro 17
Inscrições abertas para a 2ª etapa do Circuito de Bodyboard do Ericeira Surf Clube
outubro 17
No Corvo haverá um apagão para salvar as aves marinhas