Homepage

  • Frederico Morais: 'Espero que este apuramento olímpico impulsione o surf em Portugal'
    16 setembro 2019
    arrow
    arrow
  • 'Kikas' confessa ter cumprido um "sonho de família" com o histórico apuramento de Portugal para os Jogos Olímpicos de 2020.
  • Após uma longa viagem de regresso de Miyazaki (Japão), que teve escala em Frankfurt, Frederico Morais e a restante comitiva nacional surgiram hoje ao final da manhã na zona de chegadas do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

    Visivelmente cansados, mas com o sentimento de missão cumprida através do histórico apuramento de Portugal, via Frederico Morais, para os Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020. Momento em que o surf irá fazer a sua estreia no programa olímpico do maior evento desportivo do mundo. 

    "O primeiro objetivo está concretizado, que era conseguir a vaga olímpica, fazer história por Portugal, colocar o nosso país nos Jogos Olímpicos, nos primeiros Jogos Olímpicos de surf de sempre, em Tóquio 2020. Por isso, não podia estar mais orgulhoso. Agora é começar a trabalhar na preparação desse grande evento", disse o surfista português na chegada a Lisboa e perante uma vasta plateia de jornalistas. 

    Apesar da histórica gesta, 'Kikas' não escondeu o "amargo de boca" por ter falhado por pouco o acesso à bateria das medalhas do Mundial de Surf ISA, prova em que acabou com a sétima posição final.

    "Foi uma sensação amarga, mas fiquei satisfeito com o campeonato que fiz. Fui de longe o melhor surfista europeu e adorei estar com a equipa portuguesa. Foi um ótimo começo da aventura olímpica", confessou Frederico.

    Longe está ainda a perspectiva do que poderá vir a ser a prova olímpica para as cores nacionais, onde oficialmente Morais ainda não está qualificado.

    "Ainda não sei bem quais os surfistas que estão qualificados, pois ainda falta definir o quadro competitivo final. O que posso prometer é aquilo que tenho vindo a fazer em toda a minha carreira. Esforçar-me, dedicar-me e dar o máximo para alcançar os meus objetivos para assim deixar os portugueses orgulhosos", disse o atleta de Cascais.

    Portugueses esses que Frederico Morais espera com as suas exibições sejam impulsionados a aderir cada vez em maior número à prática de surf.

    "Espero que este resultado ajude o surf a ter um novo impulso em Portugal. Uma das minhas principais prioridades é conseguir chegar a mais pessoas e dar a conhecer os valores do surf. Estou aqui para ajudar os jovens surfistas a sonharem mais alto e terem a certeza  de que com esforço e dedicação é possível chegar a qualquer lado. Não só no surf, mas em qualquer sonho que tenhamos na vida", concluiu o talentoso surfista de 27 anos. 

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Frederico Morais
  • Seleção Nacional
  • Portugal
  • Surf
  • Praia
  • Mar
  • Jogoso Olímpicos
  • Tóquio'2020
  • Mundial de Surf ISA
  • Miyazaki
  • Federação Portuguesa de Surf
  • Fonte
    Alexandre Melo
similar News
similar
julho 26
Projeto 'Surf & Rescue' visitou pela primeira vez a Madeira
julho 26
Já diplomada, Yolanda Hopkins quer mais de Tóquio'2020: 'Aqui não há limites, não é?'
julho 26
Teresa Bonvalot: 'Foi um orgulho gigante ter participado nos Jogos Olímpicos de Tóquio'
julho 25
Teresa Bonvalot e Yolanda Hopkins avançam para a ronda 3  
julho 25
Já se pode novamente ir a banhos na Praia de Mindelo em Vila do Conde
julho 25
Está em marcha o segundo dia de competição em Tsurigasaki Beach
julho 26
John John eliminado, Medina e Italo aquecem motores