Homepage

  • Filipe Meira e Verónica Silva vencem Caetano Star SUP Douro Race
    09 setembro 2019
    arrow
    arrow
  • Fim de semana marcado por muita animação e competitividade na foz do rio Douro.
  • O experiente atleta de Sesimbra, Filipe Meira, e a jovem madeirense Verónica Silva foram os vencedores das duas provas de Stand Up Paddle que se realizaram, no passado fim de semana, na Caetano Star Mercedes-Benz SUP Douro Race, na foz do rio Douro.

    Durante a manhã de sábado realizou-se o Campeonato Nacional de Race Sprint da Federação Portuguesa de Surf, na Douro Marina. Um percurso de 300 metros, com partida e chegada na areia e viragem numa bóia colocada na água, em que vencia o/a mais rápido/a. Esta prova contou com um prize-money de 1000€, distribuídos entre as categorias Open e feminina.

    Na categoria Open, a mais competitiva e concorrida, Filipe Meira arrancou muito forte e não baixou o ritmo até à linha de meta, sagrando-se campeão nacional nesta disciplina.

    Porém, o atleta de uma das famílias nacionais mais competitivas nos desportos de deslize não teve a tarefa facilitada, uma vez que o vila-condense Rui Ramos e o jovem madeirense Tomás Lacerda deram bastante luta, colocando-se respectivamente em segundo e terceiro lugares, a uma curta distância.

    No feminino, Verónica Silva honrou o grande contingente madeirense que se deslocou a Vila Nova de Gaia para competir nesta prova única do calendário nacional. Verónica conquistou a categoria de forma implacável e sagrou-se campeã nacional, apesar de ainda ser sub-18. Leonor Jardim foi vice-campeã nacional e Filomena Silva terceira classificada, numa final dominada pela juventude.

    O Clube Naval do Funchal continuou o seu domínio nas restantes categorias, com Tomás Lacerda a dominar a categoria sub-18 e a levar mais um título para a Madeira. Tiago Almeida conseguiu o mesmo feito na categoria sub-15 e Rodrigo Fernandes na categoria de sub-12. Os restantes lugares do pódio foram distribuídos por atletas do Surfing Clube de Sesimbra, Clube Fluvial Vilacondense e Centro de Treino de Mar, igualmente da Madeira.

    Menção honrosa, na categoria sub-12, para as gémeas Carijna e Vivian Ignatova, de apenas 11 anos e residentes em Vila Nova de Milfontes, que terminaram em quarto e quinto lugares, mas que demonstraram um enorme potencial nesta modalidade. Seguramente dois nomes a recordar.

    Ainda no sábado, mas pelas 16h00, realizou-se a Douro Paddle Race. Uma prova aberta de maratona, com um pouco mais de 6 quilómetros, ao longo das seis pontes que unem as cidades de Vila Nova de Gaia e Porto. A partida foi na Praia do Areinho e a chegada na Douro Marina.

    Esta prova, com participação das categorias Open e Feminino, contou com um prize-money de 1500€ e foi dominada pelos mesmos nomes que dominaram o Campeonato Nacional de Race Sprint durante a manhã.

    Num cenário idílico, dominado pela proximidade das margens do rio Douro e pelas condições incríveis que se fizeram sentir, praticamente sem vento e com o sol a brilhar toda a tarde, os mais de 30 atletas surpreenderam as milhares de pessoas que preenchiam as marginais de Gaia e do Porto.

    Com os atletas da frente a imporem novamente um ritmo fortíssimo, Filipe Meira voltou a superiorizar-se e, juntamente com Rui Ramos, Tomás Lacerda e Ricardo Rodrigues, avançaram velozes rio abaixo, por entre os muitos barcos turísticos e sob supervisão da Polícia Marítima.

    Meira voltou a não deixar que os seus rivais mais directos se aproximassem, terminando o percurso na Douro Marina com uns incríveis 36 minutos e 12 segundos. 20 segundos depois chegava Rui Ramos, um minuto depois Tomás Lacerda e Ricardo Rodrigues terminou em quarto lugar, menos de um minuto depois do seu colega de equipa.

    “Foi duro, mas muito divertido,” afirmou o vencedor do dia. “Quando começámos, a água estava bastante parada e a progressão teve de ser feita muito à nossa custa. Mas quando nos aproximámos da Douro Marina já comecei a sentir a maré vazante a ajudar um bocadinho, o que foi bastante agradável. Adorei esta prova! Foi um dia muito bom e espero que se repita nos próximos anos,” concluiu Filipe Meira.

    No feminino, Verónica Silva voltou a dominar, terminando o percurso em 43 minutos e 25 segundos, deixando Leonor Jardim novamente em segundo, a pouco mais de 3 minutos e Filomena Silva em terceiro lugar, a um minuto e meio de Leonor. Outro minuto e meio depois chegavam as gémeas Ignatova, Carijna e Vivan, que mereceram novamente menções honrosas nesta corrida.

    Menção honrosa também para o conhecido manequim Ricardo Guedes, que participou nesta prova a convite da organização e terminou no top 15, depois de uma grande recuperação e de ter iniciado a corrida no grupo de trás.

    Para celebrar o esforço dos atletas e o grande espetáculo que estes proporcionaram, depois da entrega de prémios realizou-se uma Sunset Paddle Party, onde público, atletas e convidados conviveram e partilharam as experiências do dia.

    No domingo, a Caetano Star Mercedes-Benz SUP Douro Race foi dedicada às famílias, que puderam experimentar a Paddle Family Experience num percurso criado especificamente para o efeito, na Douro Marina, bem como workshops de SUP Yoga, uma das vertentes do Stand Up Paddle em maior expansão a nível mundial.

    “O balanço é extremamente positivo,” afirmam Gonçalo Pina e Pedro Ferreira, da organização.

    “A prova nacional de Race Sprint superou as nossas expectativas pela adesão, sobretudo pelas camadas mais jovens. Também foi muito interessante ver o foco dos mais velhos e a extrema competitividade na disputa pelos títulos nacionais. A Douro Paddle Race foi bastante bonita de se ver, lembrando o percurso do Vinho do Porto nos rabelos, rio abaixo, causando uma forte impressão em todos os que participaram e assistiram. De tal forma que para o ano gostaríamos de tornar este evento numa prova internacional de referência. Assim os nossos patrocinadores e apoios nos ajudem, como o fizeram este ano,” concluíram os responsáveis pelo evento.

    Como não podia deixar de ser, a Caetano Star Mercedes-Benz SUP Douro Race contou com uma Sponsor Village Mercedes-Benz, criando uma dinâmica, atratividade e diversas atividades da marca, quer de experimentação de novos produtos, quer de ativação de marca dos parceiros.

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Mercedes-Benz Portugal
  • Mercedes-Benz
  • Filipe Meira
  • Verónica Silva
  • Stand Up Paddle
  • Caetano Star Mercedes
  • Porto
  • Portugal
  • Rio Douro
  • Vila Nova de Gaia
  • Setembro
  • Verão
  • Caetano Star SUP Douro Race
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
janeiro 24
Fim de semana será cinzento e com chuva a norte e no sul
janeiro 24
Lewis Pugh é o primeiro humano a nadar sob camada de gelo na Antártida
janeiro 24
Austrália enfrenta praga de aranhas mortíferas
janeiro 24
Justine Dupont vai ser comentadora em Tóquio’2020
janeiro 24
Gondomar retira das serras 3 toneladas de lixo por semana
janeiro 24
Está a chegar o Circuito de Surf do Centro 2020
janeiro 23
Vem aí o Pacto Português para os Plásticos