Homepage

  • Bodyboard: Pierre-Louis Costes persegue novo titulo no Sintra Pro
    04 setembro 2019
    arrow
    arrow
  • Prova portuguesa decorrerá na Praia Grande, onde são esperados cerca de 100 bodyboarders provenientes de todo o mundo.
  • A edição de 2019 do Sintra Portugal Pro está à porta. Entre os dias 10 e 15 de Setembro o evento luso, que integra o Circuito Mundial de Bodyboard, celebrará a sua 24ª edição.

    E, mais uma vez, a Praia Grande poderá vir a ter um papel decisivo nas contas dos títulos mundiais open masculino, open feminino e dropknee.

    Entre os nomes mais sonantes desta edição, e na corrida ao título masculino, destaque para Pierre-Louis Costes, francês radicado em Portugal há quase uma década, os havaianos Sammy Morretino e Tanner McDaniel bem como o sul-africano Tristan Roberts.

    Pierre Louis Costes, atual líder do 'ranking' da APB (Association of Professional Bodyboarders), sabe bem da importância que a etapa portuguesa poderá ter nas contas finais do Mundial. Sobretudo depois de recentemente ter vencido a etapa de Kiama, na Austrália.

    “O objetivo passa sempre por ganhar, mas este ano o Sintra Portugal Pro é mais importante porque tem pontos que podem decidir muita coisa no circuito mundial. O meu objetivo é tentar substituir a minha vitória na prova de Pipeline que não era tão pontuada”, disse o bicampeão do mundo e duas vezes vencedor do Sintra Portugal Pro. 

    Este é um ano de mudança para Pierre-Louis Costes. E mudança em vários aspetos da sua vida. Talvez pela primeira vez desde que explodiu na cena internacional, com apenas 14 anos, Pierre já não é a mais jovem vedeta do tour na disputa pelo título.

    Aos 29 anos, sente agora a necessidade de se concentrar noutras vertentes do treino que nunca foram grande preocupação. Por exemplo, no trabalho específico de ginásio e fisioterapia com efeitos preventivos e corretivos:

    “É engraçado a lógica da vida. Estou a ver Tanner McDaniel e Tristan Roberts ou o haviano Sammy Morretino como os mais fortes. É a nova geração, os mais novos que estão a aparecer. Sabia que este dia iria chegar e está a acontecer. Parece que foi ontem que estava na posição deles, como o mais novo do Tour. Agora tenho quase 30 anos e chegou a uma altura em que o nível técnico não é suficiente. O meu corpo sofreu, pois fazemos coisas dentro de água que não são recomendáveis. Este ano tive uma pequena lesão que me fez visitar um fisioterapeuta. Desde aí, que tenho feito um trabalho específico que tem tido um impacto muito positivo", disse o bodyboarder que há oito anos vive em Portugal, país onde casou e constituiu família. 

    O Sintra Portugal Pro arranca no próximo dia 10, momento em que serão disputados os trials de acesso à prova principal. 

    São esperados cerca de 100 bodyboarders provenientes de todo o mundo. Entre os portugueses, destaque para Joana Schenker, quinta do 'ranking' mundial feminino, que é liderado pela japonesa e atual campeão do mundo, Ayaka Suzuki.

    Referência ainda para a tetracampeã do mundo e atual quarta classificada do campeonato, Isabela Sousa. Atleta do Estoril Praia que vive e treina em Portugal há dois anos.

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Sintra Portugal Pro 2019
  • Sintra
  • Praia Grande
  • Portugal
  • Praia
  • Mar
  • Bodyboard
  • Setembro
  • Circuito Mundial de Bodyboard
  • APB World Tour
  • Pierre-Louis Costes
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 18
Fim de semana chega com sábado muito chuvoso
outubro 18
Tráfego marítimo contribui para 20% da poluição costeira em Portugal
outubro 18
Seca e má gestão deixam o Tejo em mínimos históricos
outubro 18
Glaciares suíços sofrem maior redução em 100 anos
outubro 18
Previsão de mau tempo cancela sessão de autógrafos na 58 Surf
outubro 17
Inscrições abertas para a 2ª etapa do Circuito de Bodyboard do Ericeira Surf Clube
outubro 17
No Corvo haverá um apagão para salvar as aves marinhas