Homepage

  • Bodyboard: Nicolas Capony é o novo campeão do mundo Júnior
    23 setembro 2019
    arrow
    arrow
  • Bodyboarder da Ilha Reunião obteve esta importante conquista no seu último ano na categoria. Derrotou na final o galego Bruno Martin.
  • Está concluída a temporada de 2019 do APB Pro Junior World Championships, que teve o seu epílogo na Praia da Arda, Viana do Castelo. Palco do World Bodyboard Championship, a quinta prova da época e que definiu o novo campeão júnior da disciplina. 

    Ontem na final do evento luso, o bodyboarder das Ilhas Reunião, Nicolas Capony, venceu o galego Bruno Martin por uma diferença de 2.24 pontos, num dia que teve ondas a rondarem os dois metros. 

    A grande surpresa da jornada aconteceu logo no primeiro heat da meia-final quando Nicolas Capony defrontou Armide Soliveres, detentor do título mundial, e garantiu a passagem à final.

    “Estou muito contente! Foi um sonho tornado realidade. Um excelente presente, num evento fantástico e no meu último ano como bodyboarder júnior”, disse Nicolas.

    O galego Bruno Martin, vencedor da edição de 2018 do Luso Galaico e que na meia-final havia vencido, com um score total de 13.17 pontos, Cristopher Bayona Angulo (8.84), sagrou-se vice-campeão mundial também no seu último ano como júnior.

    “Estou muito contente com este resultado, que não esperava, mas que se foi materializando ao longo da competição. Treinei muito para as condições que enfrentámos ontem e para as dos dias anteriores, por isso senti-me sempre à vontade”, refere Bruno.

    Tanto Nicolas Capony como Bruno Martin protagonizaram, ao longo de toda a competição, performances muito consistentes. O canário Armide Soliveres e o peruano Cristopher Bayona Angulo foram os terceiros classificados.

    “Confiei. Esperei por outra boa onda, mas, de tanto esperar, não consegui”, avança Armide Soliveres que também considera que, tal como já tinha antecipado, “o nível esteve muito alto”.

    Já Cristopher Bayona Angulo fez história não apenas pelo seu resultado, mas também por esta ter sido a primeira vez que um atleta do Peru participou no Mundial.

    “Correu bem. Treino há sei anos e queria ser campeão do mundo. Contudo, o nível estava muito alto. Aprendi muito também com os meus adversários. Esta é a minha primeira participação e a primeira vez que saio do Perú. Para o ano, vou trabalhar o dobro”, refere Cristopher.

    Terry McKenna, world tour manager da Association of Professional Bodyboarders (APB), considera que “esperar até ao dia de ontem para terminar a competição acabou por ser uma jogada brilhante, pois as ondas rondaram os 2 metros e o vento offshore, possibilitando aos competidores fazer altas performances”.

    "Este campeonato, o primeiro Pro Junior autónomo, foi um grande êxito. Reuniu, em Viana do Castelo, os melhores bodyboarders dos quatro cantos do mundo, registou um alto nível, tendo ficado claro que a modalidade está em excelentes mãos. Além disso, o Surf Clube de Viana (SCV), mais uma vez, fez um trabalho incrível de organização. Viana do Castelo foi o berço do bodyboard profissional e isso foi evidente também na organização deste evento”, concluiu Terry McKenna. 

    O CAR Surf de Viana serviu de estrutura de apoio ao Viana World Bodyboard Championship. Entre os vários competidores que lá estiveram 'hospedados' e treinaram, destaque para Nicolas Capony e para Cristopher Bayona.

    Para João Zamith, presidente da direção do SCV, “devido ao nível dos atletas e ao CAR Surf, cada vez mais Viana do Castelo tem projeção mundial. Organizar eventos de nível mundial com esta dimensão e com este resultado só é possível com o apoio e o envolvimento de toda a equipa do SCV”.

    Em ano de comemoração do 30º aniversário do clube, na cerimónia de entregue de prémios, também houve lugar a uma homenagem ao Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) pelo apoio que tem dado à instituição.

    “O CAR Surf de Viana é uma mais valia, pois, além de dar uma resposta de qualidade no plano do alto rendimento, dá uma resposta notável no plano do desenvolvimento desportivo, pois funciona como âncora das atividades náuticas, em especial do surf”, explica Vítor Pataco, presidente do IPDJ.

    Também Vítor Lemos, vice-presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, defende que “o SCV está a fazer um excelente trabalho” e, dirigindo-se aos competidores que subiram ao pódio, pediu que levassem os troféus e também o nome de Viana do Castelo, como referência, para os seus países.

    O Viana World Bodyboard Championship foi uma prova organizada pelo Surf Clube de Viana em parceria com a APB e a Câmara Municipal de Viana do Castelo.

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Surf Clube de Viana
  • Portugal
  • Viana do Castelo
  • Câmara Municipal de Viana do Castelo
  • Praia da Arda
  • Praia
  • Mar
  • Nicolas Capony
  • APB Pro Junior Grand Slam
  • Armide Soliveres
  • bodyboard
  • APB World Tour
  • Viana World Bodyboard Championship
  • Fotografia
    Tó Mané
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 30
Estação Salva-vida de Cascais prestou apoio a 5 surfistas
outubro 30
Aprovado projeto do Ericeira Surf Clube para comemorar o 10º aniversário da Reserva Mundial de Surf
outubro 30
Temperaturas amenas e aumento da nebulosidade no fim de semana
outubro 30
Praia de Melides vai ter um novo passadiço
outubro 30
Mais de 375 kg de lixo recolhidos em ação de limpeza costeira em Sesimbra
outubro 30
Outubro está a acabar e pela primeira vez o Mar de Laptev ainda não congelou
outubro 29
Coral com 500 metros de altura foi descoberto na Grande Barreira
pub