Homepage

  • Tubarões são cada vez mais raros e pequenos perto de zonas habitadas
    07 agosto 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O tamanho dos predadores diminuiu significativamente na proximidade de cidades com mais de 10 000 pessoas associadas a frotas de pesca.
  • O alerta é feito por um estudo realizado pela organização internacional Zoological Society of London e que é hoje divulgado. 

    Em habitats perto de grandes populações humanas e mercados de peixe, os tubarões não só são muito mais raros assim como o seu tamanho médio, e de outros predadores marinhos, caiu drasticamente, indica a investigação publicada na revista científica 'PLOS Biolog'.

    O tamanho dos predadores diminuiu significativamente na proximidade de cidades com mais de 10 000 habitantes associadas a frotas de pesca. A distância mínima entre pessoas e pesca também aumentou, o que indica que os navios podem percorrer distâncias maiores.

    Como resultado os tubarões apenas foram observados em 12% dos locais pesquisados, indica o estudo. Os investigadores descobriram ainda que a temperatura da superfície do mar teve uma grande influência no tamanho médio dos predadores.

    "A atividade humana é agora a maior influência na distribuição de tubarões, superando todos os outros fatores ecológicos. Apenas 13% dos oceanos do mundo podem ser considerados 'selvagens', mas os tubarões e outros predadores são muito mais comuns e significativamente maiores a distâncias superiores a 1.250 quilómetros das pessoas.

    O que sugere que os grandes predadores marinhos são em geral incapazes de prosperar perto das pessoas e isso é outro exemplo claro do impacto da sobre-exploração dos mares pelo homem”, disse Tom Letessier, o principal autor do estudo.

    Os investigadores analisaram imagens de vídeo feitas em 1041 lugares dos oceanos Índico e Pacífico, entre lugares mais perto de cidades e lugares a 1500 quilómetros.

    Os grandes predadores marinhos, e os tubarões em particular, “desempenham um papel único e insubstituível no ecossistema oceânico”, porque controlam as populações de que se alimentam e mantém saudáveis essas populações, removendo animais doentes ou feridos, além de transportarem nutrientes entre habitats", disse o responsável.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Mundo
  • Natureza
  • Ambiente
  • Animais
  • Tubarão
  • Ecossistema
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 21
Costa da Morte, na Galiza, quer ser Reserva Mundial de Surf
outubro 23
A hora vai mudar: relógios atrasam 60 minutos na madrugada de domingo
outubro 24
Guincho recebe etapa única do Nacional de Bodysurf
outubro 24
Do susto ao título: Joana Schenker é heptacampeã nacional de bodyboard
outubro 23
Fim de semana chega com sábado soalheiro e chuva no domingo
outubro 23
Três surfistas resgatados na Praia da Barra
outubro 23
Câmara de Viana do Castelo cria Linha SOS para ocorrências com animais selvagens
pub