Homepage

  • Portugal está em risco elevado de escassez de água
    08 agosto 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Portugal está entre os 44 países que esgotam, pelo menos, 40% das suas reservas de água.
  • De acordo com um estudo do projeto 'Aqueduto' do World Resources Institute - uma organização sem fins lucrativos com sede em Washington, nos Estados Unidos da América, e financiada por fundações, Governos, ONG e organismos internacionais - Portugal ocupa a 41ª posição em termos de países com risco elevado de escassez de água. 

    Esta é uma lista que coloca 17 países, maioritariamente localizados no Médio Oriente e Norte de África, em risco extremamente elevado de escassez de água.

    Precisamente esses 17 países, que representam um quarto da população mundial, usam pelo menos 80% das suas reservas de água a cada ano, com a agricultura, as indústrias e os municípios a representarem a maior fonte de pressão sobre as suas reservas de água.

    Portugal está entre os 44 países que esgotam, pelo menos, 40% das suas reservas de água, colocando-se numa situação de risco elevado de escassez de água.

    Os autores do estudo sublinham que uma margem tão reduzida entre oferta e procura como a que se verifica nos países mais pressionados, deixa-os mais vulneráveis a variáveis como secas ou um maior uso das reservas de água, sendo cada vez maior o número de países que passam por um 'Dia Zero', ou seja, em que ficam sem acesso a água canalizada.

    "A escassez de água coloca sérias ameaças à vida humana, à sua subsistência e à estabilidade económica. Isso está prestes a piorar, a menos que os países tomem medidas. O crescimento da população, o desenvolvimento socioeconómico e a urbanização estão a provocar uma maior procura por água, enquanto as alterações climáticas podem tornar mais variável a precipitação e a procura", refere o relatório.

    O estudo indica que viver pressionado pela falta de água não tem que ser uma fatalidade e que inverter essa situação depende, em grande parte, da gestão que se faz dos recursos.

    Para além de exemplos de alguns países que já tomaram medidas para evitar a falta de água nas torneiras, como a Austrália que cortou para metade o consumo doméstico para evitar um 'Dia Zero', o estudo apresenta recomendações genéricas, aplicáveis à generalidade dos países.

    Recomendações que passam por: apostar em técnicas de regadio eficientes, fazendo com que cada gota de água conte; investir em infraestruturas mais amigas do ambiente  bem como tratar e reutilizar águas residuais, para que deixem de ser encaradas como desperdício.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Portugal
  • Mundo
  • Ambiente
  • Natureza
  • Ecossistema
  • Água
  • Escassez de água
  • Risco
  • Seca
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
agosto 04
Grécia a escaldar: Temperatura na Acrópole atingiu os 55ºC
agosto 04
Baía do Funchal vai receber o Madeira Island SUP Challenge em setembro
agosto 04
Autoridade Marítima Nacional e DGS lançam campanha para um verão em segurança
agosto 04
Fernando Aguerre: 'Penso que o COI ficou satisfeito com a estreia olímpica do surf'
agosto 04
Vasco Ribeiro e Kika Veselko fizeram história na Allianz Triple Crown
agosto 04
Japonesas levam ouro e prata, Sky Brown fica com o bronze
agosto 04
MEO e Vissla vão dar nome à etapa portuguesa das Challenger Series