Homepage

  • Portugal está em risco elevado de escassez de água
    08 agosto 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Portugal está entre os 44 países que esgotam, pelo menos, 40% das suas reservas de água.
  • De acordo com um estudo do projeto 'Aqueduto' do World Resources Institute - uma organização sem fins lucrativos com sede em Washington, nos Estados Unidos da América, e financiada por fundações, Governos, ONG e organismos internacionais - Portugal ocupa a 41ª posição em termos de países com risco elevado de escassez de água. 

    Esta é uma lista que coloca 17 países, maioritariamente localizados no Médio Oriente e Norte de África, em risco extremamente elevado de escassez de água.

    Precisamente esses 17 países, que representam um quarto da população mundial, usam pelo menos 80% das suas reservas de água a cada ano, com a agricultura, as indústrias e os municípios a representarem a maior fonte de pressão sobre as suas reservas de água.

    Portugal está entre os 44 países que esgotam, pelo menos, 40% das suas reservas de água, colocando-se numa situação de risco elevado de escassez de água.

    Os autores do estudo sublinham que uma margem tão reduzida entre oferta e procura como a que se verifica nos países mais pressionados, deixa-os mais vulneráveis a variáveis como secas ou um maior uso das reservas de água, sendo cada vez maior o número de países que passam por um 'Dia Zero', ou seja, em que ficam sem acesso a água canalizada.

    "A escassez de água coloca sérias ameaças à vida humana, à sua subsistência e à estabilidade económica. Isso está prestes a piorar, a menos que os países tomem medidas. O crescimento da população, o desenvolvimento socioeconómico e a urbanização estão a provocar uma maior procura por água, enquanto as alterações climáticas podem tornar mais variável a precipitação e a procura", refere o relatório.

    O estudo indica que viver pressionado pela falta de água não tem que ser uma fatalidade e que inverter essa situação depende, em grande parte, da gestão que se faz dos recursos.

    Para além de exemplos de alguns países que já tomaram medidas para evitar a falta de água nas torneiras, como a Austrália que cortou para metade o consumo doméstico para evitar um 'Dia Zero', o estudo apresenta recomendações genéricas, aplicáveis à generalidade dos países.

    Recomendações que passam por: apostar em técnicas de regadio eficientes, fazendo com que cada gota de água conte; investir em infraestruturas mais amigas do ambiente  bem como tratar e reutilizar águas residuais, para que deixem de ser encaradas como desperdício.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Portugal
  • Mundo
  • Ambiente
  • Natureza
  • Ecossistema
  • Água
  • Escassez de água
  • Risco
  • Seca
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
fevereiro 27
Final 100 por cento portuguesa no E-Pro Europe!!!
fevereiro 27
Treinadores de surf portugueses têm nova representação
fevereiro 26
National Geographic publica artigo sobre localismo violento em Lunada Bay
fevereiro 26
Marinheiro sobrevive 14 horas no mar agarrado a … lixo marinho
fevereiro 26
Frederico Morais em destaque no canal olímpico
fevereiro 26
Praticante de caiaque resgatado pela polícia marítima em Cascais
fevereiro 26
Fim de semana pode trazer trovoada e “chuva de lama”