Homepage

  • Julho foi o mês mais quente alguma vez medido
    05 agosto 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Temperatura ficou ligeiramente acima dos valores registados no mesmo mês de Julho, mas no ano de 2016.
  • Recentemente foi noticiado que o passado mês de Junho foi o mês mais quente na Terra desde que existem registos meteorológicos. Pois bem, parece que esses mesmos dados estavam errados, apesar da entidade que realizou os estudos ser agora a mesma. 

    Isto porque o último mês de Julho, que no continente europeu foi marcado por uma nova onda de calor e que levou mesmo alguns países a baterem recordes de temperaturas máximas, foi o mês mais quente alguma vez medido no planeta Terra desde que existem registos meteorológicos. 

    Quem o diz é o serviço de alterações climáticas do Programa Copernicus (C3S) da União Europeia. De acordo com este órgão foi batido em 0,04ºC o anterior recorde, que afinal data de Julho de 2016. Momento em que a elevação das temperaturas foi explicada pelo fenómeno 'El Niño'. 

    "O mês de Julho é geralmente o mês mais quente do ano no mundo, mas de acordo com os nossos dados [o mês de Julho de 2019] é também o mês mais quente alguma vez já medido", disse hoje, em comunicado, o responsável pelo Copernicus, Jean-Noël Thépaut.

    Apesar do novo recorde, Thépaut acredita que com a "continuação das emissões de gases de efeito de estufa e o impacto global das temperaturas, os recordes continuarão a ser batidos".

    O mesmo comunicado refere que a subida de temperatura, no passado mês de Julho, é tão pequena que é possível que outras organizações de referência, que recolhem e analisam dados com outros métodos, não cheguem à mesma conclusão. Por exemplo, a Agência Atmosférica dos Estados Unidos ainda não publicou as suas conclusões para o mês de Julho.

    De acordo com o Copernicus, a temperatura em Julho de 2019 foi 0,56º centigrados acima da média do período 1981-2000, quase 1,2º centigrados acima do nível pré-industrial, a linha de base dos especialistas em clima da Organização das Nações Unidas (ONU).

    O mesmo serviço refere que as temperaturas estão acima do normal no Alasca, Gronelândia,partes da Sibéria bem como na Ásia Central e partes da Antártida.

    Dados que levam a Organização Meteorológica Mundial a perspectivar que o presente ano de 2019 fique no top cinco dos anos mais quentes. 

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Mundo
  • Calor
  • Verão
  • Onda de calor
  • Ambiente
  • Ecossistema
  • Natureza
  • Meteorologia
  • Temperatura
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 28
Espanha cancela provas do nacional de surf devido à pandemia
outubro 28
Encontrei um animal marinho arrojado na praia. O que devo fazer?
outubro 27
O Canhão da Nazaré vai voltar à carga: Swell gigante a chegar
outubro 28
Previsão de agitação marítima forte coloca 7 distritos sob aviso laranja
outubro 28
Segunda edição do Nazare Tow Surfing Challenge já tem data marcada
outubro 28
26 provas de que o melhor John John Florence está de volta
outubro 27
Anualmente, quase 230 mil toneladas de plástico são deitadas no Mediterrâneo
pub