Homepage

  • Terra esgota recursos naturais para 2019
    29 julho 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redacção
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • É a data mais recuada, do denominado Dia de Sobrecarga da Terra, desde que o planeta entrou em défice ecológico no início dos anos 70 do século passado.
  • São praticamente diários os avisos dados pela Terra de que o planeta que habitamos está em permanente transformação e que essa mesma transformação não está a ocorrer em moldes positivos para a comunidade.

    A mais recente notícia sobre o planeta Terra dá conta de que a humanidade atinge esta segunda-feira o limite do uso sustentável de recursos naturais disponíveis para este ano. Um cenário que ocorre três dias mais cedo do que em 2018. O alerta é dado pela associação ambientalista Zero. 

    Segundo a associação ambientalista, “todos os anos é apresentada uma estimativa sobre o dia em que a humanidade atinge o limite do uso sustentável de recursos naturais disponíveis para esse ano, ou seja, o orçamento natural, habitualmente designado como ‘Overshoot Day’ (Dia de Sobrecarga da Terra)” e esse dia é precisamente esta segunda-feira, dia 29 de Julho. 

    Em comunicado divulgado no passado mês de Junho, a organização internacional Global Footprint Network, que calcula esta estimativa e fornece aos decisores pesquisas e ferramentas para que a economia mundial se desenvolva dentro dos limites ecológicos da Terra, referiu que 29 de Julho é a data mais recuada desde que o planeta entrou em défice ecológico no início dos anos 70.

    A mesma organização indica que, nos últimos 20 anos, foi antecipada em três meses a data que a humanidade terá esgotado os recursos naturais que o planeta é capaz de renovar.

    A Zero refere que Portugal “é um contribuinte ativo para esta situação”, uma vez que, “se todos os países tivessem a mesma pegada ecológica que o nosso país, seriam necessários 2,5 planetas”. Este ano, Portugal gastou os seus recursos naturais disponíveis no dia 26 de Maio, 21 dias mais cedo do que no ano passado.

    “Atualmente, considerando a média mundial, estamos a consumir cerca de 1,75 planetas com a nossa voracidade de produção e consumo. A sobrecarga só é possível porque estamos a esgotar o capital natural da Terra, o que põe em causa o futuro da humanidade”, alerta a Zero.

    Para inverter esta tendência, a associação propõe a adoção de “novas práticas”, nomeadamente na alimentação e na mobilidade.

    Na alimentação, a Zero defende a promoção de uma dieta alimentar “saudável e sustentável”, com a “redução do consumo de proteína de origem animal e um aumento significativo do consumo hortícolas, frutas e leguminosas secas".

    A associação defende, igualmente, a aposta na mobilidade sustentável, melhorando o acesso e as condições de operação dos transportes públicos e estimulando as formas de mobilidade suave.

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

     

Tags
  • Recursos Naturais
  • Mundo
  • Terra
  • Portugal
  • Alterações climáticas
  • Natureza
  • Meio Ambiente
  • Fonte
    Redacção
similar News
similar
janeiro 24
Arranca este sábado curso de Treinadores de Nível 1 na Caparica
janeiro 24
Inscrições disponíveis para os primeiros cursos de Treinadores de Surfing Grau I da ASI Portugal em 2022
janeiro 24
Descoberto um dos maiores recifes de coral do mundo no Taiti
janeiro 24
Homem de 57 anos passa 27 horas consecutivas no Pacífico e sobrevive ao tsunami no Tonga
janeiro 23
Documentário sobre o 7º Capítulo Perfeito vai ser transmitido este domingo na TV portuguesa
janeiro 20
Investigação pede fim do 'consumo excessivo' para travar perda da biodiversidade
janeiro 20
Colónia de peixes com 60 milhões de ninhos é descoberta na Antártida