Homepage

  • Portugal é o país que mais arde no Mediterrâneo
    12 julho 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Média de fogos é de 22.000 por ano, o dobro dos outros países mediterrânicos. Depois de Portugal, surgem a Espanha e a Grécia entre os países com mais incêndios.
  • O relatório “O Mediterrâneo arde”, lançado em Portugal na passada quarta-feira pela ANP/WWF (Associação Natureza Portugal/Fundo Mundial para a Natureza), analisou a situação dos incêndios florestais em Portugal, Espanha, Itália, Grécia e Turquia, países com localizaçáo junto ao mar em causa.

    Uma das conclusões desse relatório é que os países em questão totalizam, anualmente, mais de 80% da área total queimada na Europa. Entre estes cinco países, Portugal é o país que mais arde na zona do Mediterrâneo, tendo na última década quase o dobro dos incêndios e a maior área ardida.

    O mesmo documento indica que em Portugal ardem, em média todos os anos, quase 140.000 hectares, em mais de 22.00 incêndios, significando o dobro do número de fogos dos outros países do Mediterrâneo. Portugal possui igualmente a maior área ardida.

    Depois de Portugal, os países com mais incêndios são a Espanha (12.174) e a Grécia (9.222), com uma área ardida de 94.400 e 50.202 hectares, respetivamente, de acordo com os números da WWF. Os países menos afetados pelas chamas e com menos área ardida são a Itália e a Turquia.

    “Em Portugal no ano de 2017 foram 540.000 hectares destruídos pelas chamas, 250% a mais do que área média ardida por ano. Em Espanha cerca de 180.000 hectares arderam, 70% a mais do que o habitual anualmente. Além disso, 119 pessoas perderam a vida em Portugal e quatro em Espanha”, refere o relatório.

    A WWF refere que, em Junho de 2017, e pela primeira vez na Europa, “Portugal sofreu um novo tipo de incêndio, desconhecido até hoje pela comunidade científica”, mas que esteve claramente ligado às mudanças globais e que se tornou “incontrolável e letal”.

    Este tipo de fogo repetiu-se novamente, no mesmo ano, em Portugal e em Espanha, e no ano seguinte na Grécia.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Portugal Continental
  • Fogo
  • Europa
  • Ambiente
  • Mediterrâneo
  • Incêndios
  • Natureza
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
julho 18
Erosão da costa portuguesa é grave e efeitos vão piorar
julho 18
Mais de 60 concelhos em risco muito elevado de incêndio
julho 17
Gregos querem punir turistas que apedrejaram espadarte
julho 18
Marta Paço obtém triunfo histórico no País Basco
julho 18
Competidor recebe prancha do pai, que entrou na água completamente… nu
julho 18
Revelados os candidatos a receber prova de surf de Paris’2024
julho 17
Alforreca gigante avistada por mergulhadora