Homepage

  • Matias Canhoto é bicampeão nacional de Sub-12
    08 julho 2019
    arrow
    arrow
  • Jovem surfista revalidou o ceptro na Praia do Pico da Mota, palco da finalíssima do Campeonato Nacional de Surf para os atletas da categoria Sub-12.
  • Pelo segundo ano consecutivo, no escalão Sub-12, Matias Canhoto sagrou-se campeão nacional de surf. 

    Tudo ficou decidido no passado fim de semana na Praia do Pico da Mota em Peniche. Palco que recebeu a finalíssima do Campeonato Nacional de Esperanças no escalão de Sub-12. Evento organizado pela Federação Portuguesa de Surf em conjunto com o Peniche Surfing Clube e a Câmara Municipal de Peniche.

    Os atletas, em competição, apuraram-se nos vários campeonatos regionais que se realizaram nas cinco regiões do país no primeiro quadrimestre de 2019.

    Adivinhavam-se condições exigentes para os jovens surfistas, pois as previsões eram de muito pouca ondulação.

    A organização apostou na conhecida Praia do Pico da Mota, que se veio a revelar a melhor escolha.

    No passado Sábado, o mar estava muito pequeno e a direção técnica da Federação Portuguesa de Surf (FPS) em conjunto com os organizadores resolveram realizar apenas a primeira ronda do campeonato, tendo deixado para domingo a realização das restantes rondas. Nesse mesmo dia ficou decidido que não se realizaria a ronda de repescagem, pois obrigaria a mais quatro horas de prova.

    Com a chamada marcada para as 9h de Domingo, o campeonato foi retomado nos quartos de final pelas 9h30 e com boas condições.

    Logo na primeira bateria do dia, o local Matias Canhoto, mostrou a razão pela qual é um dos melhores surfistas da atualidade neste escalão. Canhoto conseguiu o melhor resultado combinado de todo o campeonato. Canhoto anotou 15 pontos em vinte possíveis, tendo na melhor onda obtido uma pontuação perto da perfeição, com nove pontos em dez possíveis.

    Embora com boas condições, a mudança de maré poderia trazer alterações na qualidade das ondas, pelo que a direção técnica da FPS em conjunto com a organização resolveram realizar o campeonato em formato tradicional em detrimento de baterias homem a homem.

    A final foi intensa. Matias Canhoto (PPSC), com uma boa escolha de ondas, venceu a derradeira bateria e revalidou o título nacional, tendo Salvador Vala (LOMBOS) obtido o segundo lugar. Tiago Guerra (CNN) foi terceiro e completou o pódio, enquanto Kekoa Hummel (AON) quedou-se pelo quarto posto.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Portugal
  • Praia do Pico da Mota
  • Peniche Surfing Clube
  • Federação Portuguesa de Surf
  • Matias Canhoto
  • Salvador Vala
  • Tiago Guerra
  • Surf
  • Praia
  • Mar
  • Campeonato Nacional de Surf Esperanças
  • Fotografia
    João Reis/PPSC
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
outubro 22
Surf Clube de Viana faz história! É a primeira instituição do mundo a receber o certificado STOKE Melhores Práticas
outubro 22
Frontón King: Joel Rodrigues diz adeus à prova da categoria Open
outubro 22
Praia do Peneco alvo de 'intervenção porfunda'
outubro 22
Praia do Dragão Vermelho acolhe etapa única do Nacional de Longboard de 2021
outubro 23
Bodyboard: Conta de Instagram da IBC foi hackeada
outubro 22
Algarve eleito o 'Melhor Destino de Praia da Europa'
outubro 22
Heat draw definido para a finalíssima do Nacional de Surf Esperanças Sub-18