Homepage

  • Portugal sofre primeira baixa no Eurosurf de Santa Cruz
    23 julho 2019
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Eurosurf
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Foi um dia pleno de emoções para Portugal no Eurosurf 2019 que decorre até dia 28 em Santa Cruz.
  • Mafalda Lopes tirou a proverbial “fava” no Eurosurf 2019 que está a decorrer em Santa Cruz, Torres Vedras, e tornou-se a primeira baixa da Seleção Nacional. Felizmente para os comandados de David Raimundo, a infelicidade da surfista júnior foi a exceção que confirmou a regra.

    Foi um dia pleno de emoções para Portugal no Eurosurf 2019 que decorre até dia 28 em Santa Cruz (no âmbito do Santa Cruz Ocean Spirit), com a eliminação de Mafalda Lopes na quarta ronda da repescagem mas com toda a equipa a responder às adversidades da jornada e a segurar o estatuto de candidato ao título europeu.

    Os melhores exemplos da reação lusa vieram de Carolina Santos, Francisca Veselko e Miguel Coelho. Carolina tornou-se ontem o primeiro membro da equipa a ter de trilhar o percurso das repescagens neste Eurosurf, mas terminou o dia com a onda mais pontuada (7.75) e o terceiro melhor score total (12.25), ao passo que “Kika” Veselko conseguiu chegar às semifinais da qualificação para ceder, por pouco, às mais experientes Claire Bevilacqua, uma italiana residente na Austrália, e Rachel Presti, a alemã campeã mundial de juniores, de origem norte-americana.

    Face a estes resultados, Carolina Santos e Francisca Veselko, poderão ainda chegar ao título europeu, disputando amanhã as meias-finais das repescagens que dão acesso à final da repescagem e, finalmente, à finalíssima das medalhas.

    “Foi um dia bom para ganhar confiança e acreditar mais no meu surf”, resumiu Carolina Santos, acrescentando:  “É ainda mais competitivo seguir nas repescagens mas acho que tenho condições para lá chegar.”

    Pedro Coelho, por seu turno, passou do inferno ao céu: foi parar às repescagens ao perder na segunda ronda do surf open masculino, mas ganhou de forma fulgurante o seu heat do segundo round das repescagens com um surf de risco e grande espetacularidade.

    Quem não facilitou e seguiu incólume nesta jornada foram Eduardo Fernandes e Pedro Henrique. Os surfistas mais experientes desta Seleção passaram à terceira ronda do percurso de qualificação, com Fernandes a ganhar o seu heat e o ex-campeão nacional Pedro Henrique a seguir em segundo.

    Eduardo Fernandes respirava confiança no final do dia : “Estou super bem. Este é o campeonato em que me sinto melhor, tenho um apoio completamente diferente. Consegui fazer a melhor onda do heat e agora é manter o ritmo para a próxima fase. Sei que se tiver calma e analisar bem o mar vou conseguir fazer uma boa bateria e conseguir chegar ao objetivo que todos desejamos.”

    Também Pedro Henrique partilha da confiança dos seus colegas de Seleção: “Estou contente por ter avançado. O mar mudou muito durante o dia e até durante os heats e tem de se estar bastante atento. Não encontrei grandes ondas mas a estratégia permitiu passar o heat. Em segundo, sim, mas ganhar é na final!”

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • eurosurf 2019
  • Santa Cruz
  • Portugal
  • Mafalda Lopes
  • Fotografia
    Eurosurf
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
setembro 28
MEO Portugal Cup of Surfing junta o surf e a sustentabilidade
setembro 25
Projeto 'The Unwanted Shapes' vai estar presente no MEO Portugal Cup of Surfing
setembro 28
Nuno Vitorino vai competir no nacional britânico de surf adaptado
setembro 28
Kikas: “Felizmente, em Portugal as previsões do mar não são descuradas”  
setembro 28
Italo tem “boas memórias” de Ribeira, mas preferia competir em Supertubos
setembro 28
Nova chamada para terça-feira no MEO Portugal Cup of Surfing
setembro 11
Gabriela Dinis: Um percurso em ascensão, mas sem esquecer a escola (Entrevista)
pub