Homepage

  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Quarteto constituído por David van Zyl, Matt Bromley, Brendon Gibbens e também pelo australiano Harry Briant não hesitou em seguir para Moçambique à procura de verdadeiros diamantes em forma de água.
  • A proximidade entre Moçambique e a África do Sul faz com que seja extremamente fácil e prático para os melhores surfistas locais viajarem até à antiga colónia portuguesa em busca de ondas. E como a qualidades das mesmas já começa a ser bem famosa, o vaivém dos surfistas profissionais é cada vez maior para aquelas bandas.

    Durante o recente ciclone que atravessou Moçambique, o quarteto constituído por David van Zyl, Matt Bromley, Brendon Gibbens e também pelo australiano Harry Briant não hesitou em seguir para Moçambique à procura de verdadeiros diamantes em forma de água. E não se arrependeram!

    Por lá encontraram uma cada vez mais famosa direita tubular, capaz de proporcionar tubos de uma vida, mas também wipeouts bem dolorosos. O resultado foi este “Chasing Cyclones”, em produção com a revista de surf sul-africana “Zig Zag”. Um clip para ver e rever!

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Moçambique
  • África do Sul
  • Tubos
  • freesurf
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
agosto 16
Fim do desaconselhamento de banhos em praias de Matosinhos
agosto 15
Verão tira folga para o surgimento de chuva no início da semana
agosto 16
Ramon Navarro campeão em Punta de Lobos
agosto 15
Sophia Medina campeã dos Jogos Pan-americanos
agosto 15
Tony Laureano enfrenta ondas gigantes chilenas em competição
agosto 15
Sismo sentido este domingo no Algarve
agosto 12
Vasco Ribeiro anuncia pausa na carreira