Homepage

  • Malásia devolve 3 mil toneladas de plástico a países de origem
    03 junho 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Espanha já recebeu cinco contentores de lixo que dali terá saído. Seguem-se outros 14 países, como os Estados Unidos, Japão, França, Canadá, Austrália e Grã-Bretanha.
  • A Malásia abriu guerra à poluição de plástico e, por isso, decidiu avançar com uma medida inovadora, uma vez que pretendem devolver todo o plástico que chega à sua costa aos países de origem. E nesse leque de “poluidores” encontram-se alguns dos principais países do Mundo.

    Dessa forma, o governo malaio tem a intenção de devolver já 3 mil toneladas de plástico que não pode ser reciclado. O aviso foi feito pelo ministro do ambiente, Yeo Bee Yin, e as “devoluções” já começaram a ser feitas. Que o diga a Espanha, que já recebeu cinco contentores de lixo que dali terá saído.

    Nesta “guerra ao plástico” seguem-se outros 14 países, como os Estados Unidos, Japão, França, Canadá, Austrália e Grã-Bretanha. Isto acontece depois de a Malásia se ter tornado o destino número um de envio de resíduos plásticos por parte dos países ricos, após a China ter proibido em 2018 a importação de lixo para o país.

    “Esses contentores foram ilegalmente trazidos para o país sob falsas declarações e outras ofensas que claramente violam a nossa lei ambiental”, disse Yeo aos jornalistas, depois de inspecionar os embarques em Port Klang, nos arredores da capital, noticiou a Agência Reuters. 

    A título de exemplo uma empresa de reciclagem com base na Grã-Bretanha exportou até 50 mil toneladas de resíduos plásticos para a Malásia nos últimos dois anos, disse o ministro do ambiente malaio. “Se enviarem lixo para a Malásia, iremos devolve-lo sem piedade”, avisou Yeo Bee Yin.

    Quem também já começou a querer entrar nesta guerra foi as Filipinas. O presidente filipino Rodrigo Duterte também ordenou, na semana passada, que o Governo contrate uma empresa de navegação privada para enviar 69 contentores de lixo para o Canadá e para os deixar em águas canadianas caso o país se recuse a receber os resíduos.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • lixo
  • Plástico
  • malásia
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
abril 09
Ainda há quem continue a surfar, apesar do surf estar interdito
abril 09
Himalaias já são visíveis da Índia devido à queda da poluição do ar
abril 08
Peças de Lego podem resistir até 1300 anos no mar
abril 09
Requalificação da Estrada da Meia Praia vai avançar
abril 09
Chuva dá tréguas na Páscoa
abril 09
Temperaturas de março entre as mais altas desde que há registo do mês
abril 09
Polícia investiga estrela australiana que furou quarentena para surfar
pub