Homepage

  • Malásia devolve 3 mil toneladas de plástico a países de origem
    03 junho 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Espanha já recebeu cinco contentores de lixo que dali terá saído. Seguem-se outros 14 países, como os Estados Unidos, Japão, França, Canadá, Austrália e Grã-Bretanha.
  • A Malásia abriu guerra à poluição de plástico e, por isso, decidiu avançar com uma medida inovadora, uma vez que pretendem devolver todo o plástico que chega à sua costa aos países de origem. E nesse leque de “poluidores” encontram-se alguns dos principais países do Mundo.

    Dessa forma, o governo malaio tem a intenção de devolver já 3 mil toneladas de plástico que não pode ser reciclado. O aviso foi feito pelo ministro do ambiente, Yeo Bee Yin, e as “devoluções” já começaram a ser feitas. Que o diga a Espanha, que já recebeu cinco contentores de lixo que dali terá saído.

    Nesta “guerra ao plástico” seguem-se outros 14 países, como os Estados Unidos, Japão, França, Canadá, Austrália e Grã-Bretanha. Isto acontece depois de a Malásia se ter tornado o destino número um de envio de resíduos plásticos por parte dos países ricos, após a China ter proibido em 2018 a importação de lixo para o país.

    “Esses contentores foram ilegalmente trazidos para o país sob falsas declarações e outras ofensas que claramente violam a nossa lei ambiental”, disse Yeo aos jornalistas, depois de inspecionar os embarques em Port Klang, nos arredores da capital, noticiou a Agência Reuters. 

    A título de exemplo uma empresa de reciclagem com base na Grã-Bretanha exportou até 50 mil toneladas de resíduos plásticos para a Malásia nos últimos dois anos, disse o ministro do ambiente malaio. “Se enviarem lixo para a Malásia, iremos devolve-lo sem piedade”, avisou Yeo Bee Yin.

    Quem também já começou a querer entrar nesta guerra foi as Filipinas. O presidente filipino Rodrigo Duterte também ordenou, na semana passada, que o Governo contrate uma empresa de navegação privada para enviar 69 contentores de lixo para o Canadá e para os deixar em águas canadianas caso o país se recuse a receber os resíduos.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • lixo
  • Plástico
  • malásia
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
agosto 07
MEO instala dispensadores gratuitos de protetor solar em 10 praias nacionais
agosto 07
MEO Beachcam alarga rede de Live Cams à Praia do Osso da Baleia
agosto 07
O fim de semana vai ter sol, calor, mas não em todo o país
agosto 07
Portugueses vão competir em evento especial em Pantín
agosto 07
Os banhos estão novamente autorizados na Praia da Nazaré
agosto 07
Rip Curl Fantasy Surfer - Vencedor do Allianz Sintra Pro já levantou prémio
agosto 07
TAS atribui jurisdição olímpica do SUP à ISA
pub