Homepage

  • Marta Paço brilha na Gala do CNID 2019
    06 junho 2019
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    FPS e CNID
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O triunfo na categoria de Atleta Adaptada do ano fez com que fosse a pessoa mais jovem de sempre a receber um prémio do CNID.
  • Depois de ter saído praticamente do anonimato em 2018, graças à surpreendente medalha de bronze alcançada no Mundial ISA de Surf Adaptado, Marta Paço está a viver um ano de 2019 de sonho. Tudo começou com o título europeu de surf adaptado, na categoria de AS VI Ladies, e mais um bronze, na categoria AS VI Open, conquistado em Viana do Castelo. Agora, a surfista minhota, que representa o Surf Clube de Viana, foi distinguida com o prémio do CNID para a melhor atleta adaptada do ano.

    A distinção feita a Marta Paço na mais recente Gala da Associação dos Jornalistas de Desporto, que teve lugar no passado dia 27 de maio, no auditório do Museu de Portimão, veio coroar um trajeto ascendente e triunfante da jovem surfista de apenas 14 anos. Além do prémio para melhor atleta adaptada do ano, Marta recebeu ainda a maior ovação da tarde, com a plateia a aplaudi-la de pé e durante largos segundos.

    Mas o feito de Marta Jordão Paço foi ainda maior, uma vez que com o triunfo na categoria de Atleta Adaptada do ano fez com que fosse a pessoa mais jovem de sempre a receber um prémio do CNID. Destaque ainda na gala para a distinção recebida pela bodyboarder Filipa Broeiro, que se sagrou campeã europeia nos Jogos da ISA em 2018.

    “Este prémio é o reconhecimento de uma jovem que é um exemplo de tenacidade e de dedicação. Foi uma grande emoção na sala quando ela recebeu o prémio. Até eu me emocionei. A Marta ainda é muito nova, mas, nesta fase da sua vida, o surf é, claramente, muito importante para ela. Espero que seja muito feliz”, referiu o prestigiado jornalista desportivo Manuel Queiroz, presidente da Direção do CNID.

    Já João Zamith, presidente da Direção do Surf Clube de Viana, enalteceu o papel da imprensa neste trajeto meteórico da jovem surfista invisual. “A Marta tem muito mérito desportivo, mas a sua visibilidade nacional e internacional também se deve ao trabalho realizado pela comunicação social, sobretudo pelos jornalistas desportivos, na divulgação da sua história”, vincou. 

    Entretanto, no passado dia 31 de maio, os deputados da Assembleia da República aprovaram por unanimidade um voto de louvor à atleta vianense pelos resultados alcançados no EuroSurf Adaptive. 

    Estas são distinções que valorizam não só o trajeto de Marta Paço e de toda a equipa técnica, mas também de todos os surfistas adaptados que ao longo dos últimos anos ajudam a puxar por este desporto e a elevá-lo a um nível nunca antes visto no nosso país. Tal não seria possível sem o apoio da Federação Portuguesa de Surf, que há dois anos decidiu tornar realidade a formação de uma seleção adaptado, colhendo agora os frutos dessa aposta.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Surf Adaptado
  • Marta Paço
  • CNID
  • Fotografia
    FPS e CNID
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
janeiro 17
Comunidade do longboard ajuda os animais vítimas dos fogos na Austrália
janeiro 17
Agitação marítima arrasta duas pessoas na Califórnia (Vídeo)
janeiro 17
Nestlé investe 1,86 mil milhões de euros na reciclagem de plásticos
janeiro 17
Os jovens são fundamentais para a defesa dos oceanos
janeiro 10
Interferência no Canhão? João de Macedo e Everaldo Pato mostram o contrário
janeiro 16
Projeto da 'praia' ecológica no Tejo deverá ser conhecido este ano
janeiro 12
Lisboa terá uma 'praia' em pleno rio Tejo