Homepage

  • Cliff Diving: Açores em contagem decrescente
    19 junho 2019
    arrow
    arrow
  • Quarto evento da temporada arranca na sexta-feira. Ilhéu de Vila Franca do Campo é o palco de todas as emoções.
  • Já chegaram à ilha de São Miguel, nos Açores, os 23 atletas de 14 países que vão competir, a partir de sexta-feira, na quarta etapa da Red Bull Cliff Diving World Series.

    A ação regressa, pelo oitavo ano consecutivo, às paisagens do ilhéu de Vila Franca do Campo. A jornada arranca com duas rondas de saltos realizados diretamente das rochas, característica que faz já parte do ADN da etapa açoriana e evoca as origens da modalidade.

    Assinalando o meio da época, a passagem da Red Bull Cliff Diving World Series pelos Açores marca também a oitava visita consecutiva desta competição por este destino. 

    Esta presença no calendário do circuito mundial de saltos para a água de grande altura, modalidade reconhecida oficialmente pela Federação Internacional de Natação em 2013, coloca o nosso país numa posição de destaque. A etapa açoriana é hoje a mais antiga do calendário. 

    O arranque da competição proporciona aos 23 atletas de 14 países uma experiência única: duas rondas de saltos diretamente das rochas, numa clara alusão às origens da modalidade, que remontam ao século XVIII e ao arquipélago do Havai.

    Este é um fator diferenciador da etapa açoriana, deixando para o último dia – sábado – os saltos mais complexos e técnicos, que serão feitos a partir das plataformas de 21 e 27 metros (femininos e masculinos, respetivamente). No sábado, a partir das 11h40, decorrem a terceira ronda e as respetivas finais.

    Neste momento, e quando estão disputadas três das oito etapas da temporada de 2019 do circuito mundial, a liderança pertence aos atuais campeões. A australiana Rhiannan Iffland está invicta, com três vitórias em três etapas, e lidera entre as Senhoras. 

    Já o britânico Gary Hunt está isolado no comando, do campeonato masculino, com uma margem confortável. Hunt já venceu por três vezes a etapa açoriana, mas falhou esta conquista nas duas últimas edições.

    Classificação geral após 3 etapas:

    Masculinos:

    1º Gary Hunt GBR | 400 pontos

    2º Andy Jones EUA | 220 pts

    3º Kris Kolanus POL | 200 pts

    4º Jonathan Paredes MEX | 190 pts

    5º Michal Navratil CZE | 170 pts

    Femininos:

    1ª Rhiannan Iffland AUS | 400 pontos

    2ª Yana Nestsiarava BLR | 290 pts

    3ª Lysanne Richard CAN | 240 pts

    4ª Jessica Macauly GBR | 200 pts

    5ª Maria Paula Quintero COL | 160 pts

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Red Bull
  • Açores
  • Portugal
  • Mergulho
  • Gary Hunt
  • Ilha de São Miguel
  • Rhiannan Iffland
  • ilhéu de Vila Franca do Campo
  • Fonte
    Redacção
pub
similar News
similar
julho 20
Bodysurf: Baterias divulgadas para Santa Cruz
junho 10
Tiago Marques triunfa na Vagueira
junho 07
Vagueira acolhe Nacional de Bodysurf
julho 17
Santa Cruz no radar do Nacional de Bodysurf
julho 19
Ocean Spirit arranca com EuroSurf em destaque
julho 19
Portuguese Surf Film Festival começa hoje
julho 19
Neto de Nelson Mandela apadrinha iniciativa CostàCosta