Homepage

  • Cliff Diving: Açores em contagem decrescente
    19 junho 2019
    arrow
    arrow
  • Quarto evento da temporada arranca na sexta-feira. Ilhéu de Vila Franca do Campo é o palco de todas as emoções.
  • Já chegaram à ilha de São Miguel, nos Açores, os 23 atletas de 14 países que vão competir, a partir de sexta-feira, na quarta etapa da Red Bull Cliff Diving World Series.

    A ação regressa, pelo oitavo ano consecutivo, às paisagens do ilhéu de Vila Franca do Campo. A jornada arranca com duas rondas de saltos realizados diretamente das rochas, característica que faz já parte do ADN da etapa açoriana e evoca as origens da modalidade.

    Assinalando o meio da época, a passagem da Red Bull Cliff Diving World Series pelos Açores marca também a oitava visita consecutiva desta competição por este destino. 

    Esta presença no calendário do circuito mundial de saltos para a água de grande altura, modalidade reconhecida oficialmente pela Federação Internacional de Natação em 2013, coloca o nosso país numa posição de destaque. A etapa açoriana é hoje a mais antiga do calendário. 

    O arranque da competição proporciona aos 23 atletas de 14 países uma experiência única: duas rondas de saltos diretamente das rochas, numa clara alusão às origens da modalidade, que remontam ao século XVIII e ao arquipélago do Havai.

    Este é um fator diferenciador da etapa açoriana, deixando para o último dia – sábado – os saltos mais complexos e técnicos, que serão feitos a partir das plataformas de 21 e 27 metros (femininos e masculinos, respetivamente). No sábado, a partir das 11h40, decorrem a terceira ronda e as respetivas finais.

    Neste momento, e quando estão disputadas três das oito etapas da temporada de 2019 do circuito mundial, a liderança pertence aos atuais campeões. A australiana Rhiannan Iffland está invicta, com três vitórias em três etapas, e lidera entre as Senhoras. 

    Já o britânico Gary Hunt está isolado no comando, do campeonato masculino, com uma margem confortável. Hunt já venceu por três vezes a etapa açoriana, mas falhou esta conquista nas duas últimas edições.

    Classificação geral após 3 etapas:

    Masculinos:

    1º Gary Hunt GBR | 400 pontos

    2º Andy Jones EUA | 220 pts

    3º Kris Kolanus POL | 200 pts

    4º Jonathan Paredes MEX | 190 pts

    5º Michal Navratil CZE | 170 pts

    Femininos:

    1ª Rhiannan Iffland AUS | 400 pontos

    2ª Yana Nestsiarava BLR | 290 pts

    3ª Lysanne Richard CAN | 240 pts

    4ª Jessica Macauly GBR | 200 pts

    5ª Maria Paula Quintero COL | 160 pts

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Red Bull
  • Açores
  • Portugal
  • Mergulho
  • Gary Hunt
  • Ilha de São Miguel
  • Rhiannan Iffland
  • ilhéu de Vila Franca do Campo
  • Fonte
    Redacção
similar News
similar
dezembro 03
FPS agradece todo o 'trabalho' e 'dedicação' de Teresa Bonvalot
dezembro 02
Primeiro fim de semana de dezembro vai ser frio, cinzento e chuvoso
dezembro 02
Grupos central e oriental dos Açores com aviso amarelo devido ao mau tempo e mar agitado
dezembro 02
Seleção Nacional de Surf Adaptado já partiu para o Mundial ISA 2022
dezembro 02
Ericeira Surf Clube participa em projeto que promove a sustentabilidade ambiental e não só
novembro 30
Chuva não fica para o feriado: sol vai brilhar
novembro 29
Governo australiano é contra a inclusão da Grande Barreira de Coral na lista de Património Mundial em perigo