Homepage

  • Barco perdido é encontrado 8 anos depois
    06 junho 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Alexandre Melo
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Embarcação foi avistada, pela polícia, a 900 quilómetros de distância do seu poiso.
  • No dia 11 de março de 2011 o leste do Japão foi assolado por um violento sismo que, para piorar tudo, foi acompanhado de um tsunami.

    Ingredientes que arrastaram a casa do local Tomohiro Sato bem como o seu pequeno barco, que utilizava para a pesca. Os anos passaram e a vida continuou quando eis que a embarcação de Sato foi agora reencontrada. A 900 quilómetros de distância do seu poiso.

    Tudo devido ao trabalho de um barco de patrulha da polícia da província de Kochi que avistou a embarcação 'virada do avesso' no passado dia 27 de maio. Uma descoberta que deixou, naturalmente, Sato muito surpreendido.

    "Fiquei a pensar porque motivo o barco foi agora descoberto, após todos estes anos. Imaginava que tivesse ido parar ao fundo do mar" disse o nipónico de 50 anos.

    De referir que no momento em que foi descoberto pelas autoridades, o barco estava sem  motor e coberto de crustáceos.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Barco
  • Tsunami
  • Japão
  • Sismo
  • Fonte
    Alexandre Melo
similar News
similar
setembro 22
Onda californiana de San Miguel a salvo de possível extinção
setembro 22
Há uma nova onda na Indonésia: é gerada por um navio encalhado e repete história do século XX
setembro 20
Kanoa Igarashi, de vice-campeão mundial ISA à prata olímpica em casa
setembro 22
Abriram as inscrições para o Campeonato Nacional de Surf Esperanças Sub-14
setembro 22
Exposição Viva celebra 1ª edição do Programa Atlantis no Dia Nacional da Água
setembro 21
Época balnear em Espinho prolongada até 26 de setembro
setembro 22
Nível do mar continua a subir a um ritmo alarmante