Homepage

  • Praias de Torres Vedras vão ser vigiadas por parapente
    29 maio 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Ação surge através de uma parceria entre a câmara municipal e a Associação de Parapente Paravoar.
  • Com a época balnear a chegar são já vários os concelhos que ultimam todos os preparativos e em Torres Vedras, este ano, as praias locais irão ter um sistema de vigilância inovador: três pilotos de parapente licenciados vão sobrevoar todos os dias o litoral do concelho como forma de prevenção.

    Esta ação de vigilância para banhistas inicia-se a 15 de junho, altura em que começa a época balnear, e estende-se até ao fim da mesma. A informação foi garantida pela própria Câmara Municipal de Torres Vedras à Agência Lusa.  

    Através de uma parceria entre a câmara municipal e a Associação de Parapente Paravoar, esta ação vai dar prioridade às praias não vigiadas. “As atividades serão de prevenção, vigia e alerta para todas as situações anómalas aos comportamentos de pessoas, desde caminheiros, banhistas, pescadores, surfistas ou outros, nas áreas de praia e arribas no concelho”, explicou o município em resposta à agência Lusa.

    As equipas de parapente vão ainda alertar para arribas em perigo de derrocada iminente ou ajudar na busca de pessoas ou animais, fazendo pedidos de socorro às diferentes autoridades. A vigilância das praias em parapente surge com o objetivo de “reforçar os meios de proteção, vigilância e socorro das praias concessionadas e nas praias não vigiadas” no concelho.

    O programa para os próximos quatro anos tem um custo de 10.350 euros, que incluem a revalidação anual da licença de voo e equipamento adequado à modalidade. A vigilância através de parapente integra-se no projeto municipal “Praia Segura”, que tem, desde 2009, uma viatura todo-o-terreno, com dois nadadores-salvadores, a percorrer todos os dias as praias do concelho, durante a época balnear.

    No âmbito do projeto, as praias não vigiadas da Vigia, Amoeiras e Azul têm instalado o sistema “SOS Talking”, através do qual qualquer cidadão, em caso de emergência, aciona um botão e de imediato são contactadas as equipas de socorro no terreno.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Torres Vedras
  • Parapente
  • Vigilância
  • Verão
  • Época Balnear
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
junho 24
Catarina Sousa apurada para as meias-finais do Mundial Masters no Brasil
junho 24
Halley e Teresa em destaque no arranque do Allianz Ribeira Grande Pro
junho 24
Tiago Pires e a 2ª edição do Softboard Heroes: 'Está tudo a alinhar-se para um excelente evento' (Entrevista)
junho 23
Menos stress, mais surf: 5 benefícios do surf para a saúde
junho 24
Allianz Ribeira Grande Pro está ON!
junho 24
Ribeira Grande pretende ter Reserva Mundial de Surf
junho 23
Catarina Sousa volta a vencer e já está na ronda 4 do Mundial Masters no Brasil