Homepage

  • Liga MEO Surf – Tomás Fernandes e Yolanda Sequeira vencem o Porto Pro
    18 maio 2019
    arrow
    arrow
  • Triunfo permitiu a ambos destacarem-se na liderança do Ranking Santander e na luta pelos respetivos títulos nacionais
  • Porto (18/05/2019) – As praias do Porto e Matosinhos voltaram a oferecer, este sábado, ondas de grande qualidade para aquele que foi o dia final do Renault Porto Pro. Após um dia de muito espetáculo e emoções fortes, Tomás Fernandes e Yolanda Sequeira foram os grandes vencedores desta que foi a terceira de cinco etapas da Liga MEO Surf, principal competição de surf em Portugal e onde se disputam os títulos máximos da modalidade.

    Resultados e quadro de competição - aqui

    Este desfecho da etapa nortenha permitiu a Tomás e Yolanda vencerem pela segunda vez esta temporada na Liga MEO Surf, além de se destacarem na liderança do ranking Santander e da luta pelos respetivos títulos nacionais. No caso masculino o surfista da Ericeira recuperou a licra Santander que tinha conquistado após a primeira etapa, enquanto do lado feminino a surfista algarvia manteve e cimentou a liderança conquistada na segunda etapa. Curiosamente, ambos ganharam esta tarde a terceira etapa da carreira na Liga MEO Surf.

    Após um dia inaugural exclusivamente dedicado à prova masculina, a ação retomou na manhã de sábado com o início da prova feminina. Yolanda Sequeira e as outras tops nacionais começaram cedo a dar espetáculo, mas foi a algarvia a conseguir aumentar o nível ao longo do dia. Nas meias-finais, Yolanda conseguiu um score de 15,25 e a melhor onda do campeonato com 8.75 pontos, que lhe valeu o prémio Somersby Onda do Outro Mundo.

    Na final Yolanda Sequeira teve pela frente a campeã nacional Camilla Kemp, mas voltou a elevar o nível, conseguindo novamente um score de 15,25 e um triunfo sólido. Esta foi a segunda vitória consecutiva da surfista algarvia na Liga MEO Surf 2019, depois de ter estado presente nas três finais já disputadas até ao momento – vai numa série de quatro finais consecutivas, pois foi ela a vencedora da última etapa em 2018.

    “O segredo tem sido só um: treinar forte, tanto a nível físico, como psicológico”, começou por dizer a vencedora do Renault Porto Pro. “Tenho passado várias horas dentro de água a treinar. Acho que o meu surf sempre esteve no sítio certo, mas, agora, penso que o estou a demonstrá-lo muito melhor nos campeonatos. Antigamente, os nervos levavam a melhor. As ondas também ajudaram. Adorei esta direita que estava a quebrar no final do campeonato, estava perfeita para mim. Agora, vou para o Algarve para ganhar e acredito que vou colocar uma mão no título nacional. Tenho de ganhar para depois poder dar o salto a nível internacional. A Liga MEO Surf tem sido fundamental para isso, pois a falta de patrocínios não me permite viajar tanto como gostava”, concluiu Yolanda Sequeira.

    Já do lado masculino, depois de vencer Francisco Alves nos quartos-de-final e o local João Guedes nas meias-finais, Tomás Fernandes garantiu a presença na final frente a Eduardo Fernandes, que também teve um percurso de destaque, depois de eliminar o campeão em título do evento, Marlon Lipke, nos quartos-de-final e a grande surpresa do campeonato, o jovem Francisco Almeida, nas meias-finais.

    Ao contrário da final feminina, esta foi uma final muito renhida e decidida nos instantes finais. Apesar de Edu ter saído na frente da disputa e de ter tido mesmo a melhor onda da final, com 6,00 pontos, Tomás acabou por ter uma reta final mais forte, conseguindo o triunfo por apenas 30 centésimos de diferença – 10,80 contra 10,50 pontos. Com esta segunda vitória na temporada, Tomás recuperou a licra Santander que havia perdido para Miguel Blanco na última etapa, onde se apresentou algo adoentado.

    “Não sei se este é o meu ano, mas é, definitivamente, o ano em que me sinto melhor em todos os aspetos da minha vida”, começou por afirmar Tomás Fernandes. “Sinto-me feliz e penso que tudo tem vindo por acréscimo. As coisas estão a acontecer da melhor forma possível e o meu objetivo é ser campeão nacional. Estou a treinar com o José Seabra e adoro. Mas antes trabalhava com o Enrique Lenzano e também gostava muito, devo-lhe muito do que sou hoje. Acho que a principal mudança vem de mim e do meu psicológico. Infelizmente ou felizmente, parei um pouco com os campeonatos internacionais e, sinceramente, penso que é isso que me está a fazer ganhar. Atualmente estou mais focado nos campeonatos em Portugal. No futuro logo se verá”, frisou.

    Resultados finais do Renault Porto Pro:
    Final masculina: Tomás Fernandes 10,80 x Eduardo Fernandes 10,50
    Final feminina: Yolanda Sequeira 15,25 x Camilla Kemp 10,40
    Somersby Onda do Outro Mundo: Yolanda Hopkins com 8,75 pontos nas meias-finais
    Renault Expression Session: Miguel Blanco
    Sumatra Surf Trip (Melhor Júnior): João Vidal e Matilde Passarinho

    O Renault Porto Pro também contou com as habituais iniciativas de sustentabilidade, através das limpezas de praia com a marca da Fundação Altice e as dinâmicas associadas à proteção da biodiversidade e promoção da alimentação saudável do Grupo Jerónimo Martins.

    Agora, a Liga MEO Surf segue para o Algarve, com a Praia do Amado, em Aljezur, a receber o Allianz Algarve Pro, de 21 a 23 de Junho. Esta será a quarta e penúltima etapa do circuito, tendo por isso um carácter decisivo. É na Praia do Amado que serão ainda conhecidos os vencedores da Allianz Triple Crown. Na frente do ranking deste sub-troféu estão Yolanda Sequeira e Teresa Bonvalot em ex-áqueo, no lado feminino, e Miguel Blanco e Vasco Ribeiro, também igualados, do lado masculino.

    Todas as etapas da Liga MEO Surf 2019 poderão ser acompanhadas em direto na Sport TV, assim como nos restantes meios oficiais: facebook do MEO, app na posição 810 da grelha de canais MEO, www.ansurfistas.com e redes sociais em @ansurfistas.

    A Liga MEO Surf 2019 é uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da Fire!, com o patrocínio do MEO, Renault, Allianz Seguros, Bom Petisco, Banco Santander, Somersby, Rip Curl, os parceiros de sustentabilidade Fundação Altice e Jerónimo Martins, com o apoio local das Câmara Municipais do Porto e Matosinhos e Onda Pura, com o apoio técnico da Federação Portuguesa de Surf.

    Mais informações em www.ansurfistas.com.

    Fotografias: Jorge Matreno/ANSurfistas

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Liga MEO Surf
  • Tomás Fernandes
  • Yolanda Sequeira
  • Renault Porto Pro
  • Matosinhos
pub
similar News
similar
janeiro 17
Comunidade do longboard ajuda os animais vítimas dos fogos na Austrália
janeiro 17
Agitação marítima arrasta duas pessoas na Califórnia (Vídeo)
janeiro 17
Nestlé investe 1,86 mil milhões de euros na reciclagem de plásticos
janeiro 17
Os jovens são fundamentais para a defesa dos oceanos
janeiro 10
Interferência no Canhão? João de Macedo e Everaldo Pato mostram o contrário
janeiro 16
Projeto da 'praia' ecológica no Tejo deverá ser conhecido este ano
janeiro 12
Lisboa terá uma 'praia' em pleno rio Tejo