Homepage

  • Reino Unido vai ter mais uma piscina de ondas artificiais
    16 maio 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Lagoon Project deverá ocupar uma área de 6 hectares e propõe-se a oferecer aos surfistas 2.400 ondas por hora como as do oceano.
  • Tem abertura prevista para 2022 e vai situar-se em Bournemouth, no condado de Dorset, no sul de Inglaterra. O sucesso da Surf Snowdonia, aquele que foi o primeiro parque aquático a comercializar a tecnologia de ondas artificiais criada pela Wavegarden, acabou por ser decisivo para a intenção de criar um novo parque de ondas no Reino Unidos.

    A notícia destes planos é avançada pela BBC, que fala num projeto que irá custar algo como 35 milhões de libras (40 milhões de euros). Este Lagoon Project deverá ocupar uma área de 6 hectares e propõe-se a oferecer aos surfistas 2.400 ondas por hora como as do oceano.  

    Depois da Surf Snowdonia, situada no País de Gales, ter dado o tiro de partida na atual “guerra” das piscinas de ondas, cada vez mais sofisticadas, agora é a Inglaterra a também pretender a sua versão. Bournemouth, que é uma cidade costeira e com praias, acredita mesmo que pode receber 500 mil visitantes por ano graças à criação deste parque.

    A construção desta nova Surf Lagoon deverá começar no final deste ano. As obras poderão demorar cerca de três anos, pois a abertura oficial está prevista para 2022. Além da piscina de ondas, este parque aquática terá ainda outras atrações, além de um parque de campismo e um hotel com 145 quartos disponíveis. Os mentores do projeto esperam apenas por financiamento privado para dar início a tudo.

    Esta não é a primeira vez que a região de Bournemouth tenta inovar, uma vez que foi na praia de Boscombe que foi criado o primeiro reef artificial na Europa. Um reef feito em 2009 com 55 gigantes sacos de areia e que custou mais de 3 milhões de libras, mas que acabou por ser destruído pela hélice de um barco. O reef acabou por nunca mais ser reparado, uma vez que a firma que o construiu e o estava a reparar acabou por entrar em falência.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Lagoon Project
  • Piscina de Ondas
  • Reino Unido
  • Bournemouth
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
janeiro 17
Comunidade do longboard ajuda os animais vítimas dos fogos na Austrália
janeiro 17
Agitação marítima arrasta duas pessoas na Califórnia (Vídeo)
janeiro 17
Nestlé investe 1,86 mil milhões de euros na reciclagem de plásticos
janeiro 17
Os jovens são fundamentais para a defesa dos oceanos
janeiro 10
Interferência no Canhão? João de Macedo e Everaldo Pato mostram o contrário
janeiro 16
Projeto da 'praia' ecológica no Tejo deverá ser conhecido este ano
janeiro 12
Lisboa terá uma 'praia' em pleno rio Tejo