Homepage

  • ONU aponta um milhão de espécies ameaçadas de extinção
    24 abril 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistémicos (IPBES) vai reunir-se entre os dias 29 de abril e 4 de maio, em Paris.
  • De acordo com um relatório preliminar da ONU sobre biodiversidade, obtido pela agência AFP, até um milhão de espécies de animais e vegetais podem estar ameaçadas de extinção, muitas delas “nas próximas décadas”, devido à ação destrutiva que o homem está a ter sob a natureza.

    A Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistémicos (IPBES) vai reunir-se entre os dias 29 de abril e 4 de maio, em Paris, para fazer a primeira avaliação global dos ecossistemas em quase 15 anos. E o estado da biodiversidade deve ser tão preocupante quanto as previsões sobre a mudança climática.

    O relatório de 1.800 páginas, no qual 150 especialistas de 50 países trabalham há três anos, será acompanhado por um resumo, a ser discutido linha por linha e adotado pelos 130 países membros do IPBES, seguindo o modelo dos relatórios do IPCC [Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas] sobre o clima.

    De acordo com o resumo preliminar obtido pela AFP — o mais recente, datado de janeiro —, várias "evidências independentes apontam para uma aceleração iminente da taxa de extinção de espécies (...) mesmo que os fatores [desta extinção] não se tenham intensificado".

    Dos oito milhões de espécies estimadas (incluindo 5,5 milhões de espécies de insetos) no planeta, "entre meio milhão e um milhão de espécies devem estar em risco de extinção, muitas delas nas próximas décadas", segundo o texto.

    Estas projeções correspondem às advertências de muitos cientistas que acreditam que a Terra está no início da "sexta extinção em massa", a primeira atribuída aos humanos, que já fizeram desaparecer pelo menos 680 espécies de vertebrados em 500 anos.

    O relatório também estima que três quartos da superfície terrestre, 40% do ambiente marinho e metade dos cursos de água foram "severamente alterados".

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • ONU
  • Espécies
  • Planeta
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 31
Ondas da Praia da Vigia consagraram campeões do Circuito Sealand Santa Cruz 2022
janeiro 30
Validade da certificação dos nadadores-salvadores prorrogada até ao final de 2023
janeiro 30
Conhecido calendário dos circuitos regionais de bodyboard para 2023
janeiro 30
FPS vai realizar dois cursos online de juízes de surf em fevereiro
janeiro 30
Frio não desarma e deixa todo o território continental em aviso amarelo
janeiro 30
Vans Triple Crown 2023 já tem vencedores!
janeiro 27
Revelado calendário dos circuitos regionais de surf para 2023