Homepage

  • Indonésia quer fechar ilha de Komodo para proteger dragões
    05 abril 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Apesar de a proposta ainda não ter tido luz verde por parte do governo local, a ideia passa por fechar a ilha de Komodo temporariamente a partir de janeiro de 2020.
  • Se era daquelas pessoas que tinha o sonho de poder ver ao vivo e no seu habitat natural os famosos dragões de Komodo, vai ter de esperar mais uns anos. Isto porque a Indonésia pretender fechar temporariamente esta ilha de forma a proteger estes a animais, que se encontram ameaçados face ao cada vez maior volume turístico da ilha.

    Apesar de a proposta ainda não ter tido luz verde por parte do governo local, a ideia passa por fechar a ilha de Komodo temporariamente a partir de janeiro de 2020. A notícia foi avançada por uma agência de turismo local. No entanto, esta medida não será aplicada às ilhas vizinhas, no leste da Indonésia, onde também é possível encontrar os referidos dragões.

    “Já existe um turismo de massa na ilha de Komodo e é realmente perturbador. Quando há muitos turistas em áreas sensíveis como o Parque Nacional de Komodo, os dragões podem sofrer”, explicou à agência France Presse Marius Ardu Jelamu, que dirige a agência de turismo local, sobre aquele que é o maior lagarto carnívoro do mundo.

    Cerca de 10.000 turistas visitam o grupo de ilhas do Parque Nacional de Komodo todos os meses, o único local onde os dragões podem ser vistos no seu habitat natural. A ilha de Komodo abriga cerca de 2.300 dragões, que podem ter até três metros de comprimento. Os adultos pesam entre 70 e 90 quilos.

    O período de encerramento irá servir para os especialistas encorajarem o crescimento de plantas endémicas e aumentar a população de veados e porcos selvagens, que são presas dos dragões. Além da restrição da cota de turismo, os dragões também serão monitorizar de perto para evitar o tráfico.

    Este é um animal bastante procurado e que gera sempre inúmero interesse. Por isso mesmo, segundo números avançados pela agência Lusa, cinco traficantes foram presos na semana passada com cinco dragões de Komodo e dezenas de outros animais selvagens que tentavam vender no Facebook.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Indonésia
  • Turismo
  • Dragões de Komodo
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 21
Carcaça de baleia de 70 toneladas removida perto de Nápoles
janeiro 21
Requerido TUPEM para instalação de um cabo submarino de telecomunicações de Almada à Madeira
janeiro 21
Gabriel Medina vai marcar presença no FIFA 2021
janeiro 21
Câmara de Sintra interdita todas as praias do concelho
janeiro 21
Terramoto de 7,1 na escala de Richter registado na Indonésia
janeiro 21
Está interdito o paredão e as praias da frente urbana da Caparica
janeiro 21
Sai de cena a depressão Gaetan, chega a Hortense