Homepage

  • Chacina de golfinhos na costa francesa está a aumentar
    02 abril 2019
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A presidente da organização ecológica Sea Shepherd acredita que o número de animais mortos naquelas circunstâncias possa situar-se entre 6.500 e 10.000 por ano.
  • O número é cada vez maior e está a bater recordes. Nas últimas semanas não param de aparecer golfinhos mortos na Costa Atlântica francesa. As organizações defensoras dos animais garantem que são aos milhares e surgem com as barbatanas cortadas. Por isso mesmo, culpam a indústria da pesca pelo sucedido.

    Segundo o jornal inglês “The Guardian”, as estimativas indicam que desde janeiro de 2019 terão aparecido 1.100 golfinhos naquelas condições, mas há quem aponte para uma quantidade muito superior, equivalente a dez vezes esse número. Perante a dimensão do fenómeno, há já quem alerte para o risco de extinção destes cetáceos na região.

    A prática da pesca de arrastão no alto mar será a grande causadora desta chacina. De acordo com as autópsias efetuadas, estes animais sofrem graves lesões ao tentarem libertar-se das redes em que são apanhados e os próprios membros das tripulações dos barcos de pesca serão os causadores de muitos dos ferimentos ao tentarem desenredar os cetáceos.

    A presidente da organização ecológica Sea Shepherd, Lamya Essemlali, acredita que o número de animais mortos naquelas circunstâncias possa situar-se entre 6.500 e 10.000 por ano. Isto porque os golfinhos precisam de ascender à superfície do mar para conseguirem respirar e ao ficarem presos numa rede de pesca o risco de morte por asfixia é elevado.

    As organizações ambientalistas estão a apelar ao Governo francês para que reforce a vigilância dos barcos que fazem a pesca de arrastão, mas queixam-se de que os alertas não têm servido de nada, até porque muitos dos barcos de pesca estão a ignorar os protocolos de proteção dos animais.

    Este é um cenário que também começa a acontecer em Portugal, embora numa escala menor. No entanto, são já várias as praias ao longo da nossa costa onde surgiram golfinhos mortos e mutilados, com especial incidência para a zona de Santa Cruz.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • golfinho
  • Pesca
  • França
  • Mortes
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
fevereiro 01
Surf nacional lamenta perda de Pedro Lacerda
fevereiro 03
Lucas Fink, de Ipanema para as ondas grandes da Nazaré com a prancha de skimboard: 'Se o teu sonho não te dá medo, não estás a sonhar alto'
fevereiro 03
Sol e temperaturas acima dos 20ºC no primeiro fim de semana de fevereiro
fevereiro 03
Está a chegar o Circuito Regional de Surf do Sul 2023!
fevereiro 02
Tempo frio ainda deixa três distritos sob aviso amarelo
fevereiro 02
Praia da Empa coroou vencedores do Science Ericeira 2022
fevereiro 01
FUEL TV assegura transmissão do Winter Dew Tour 2023 à escala global